Iogurte Mascavado

Iogurte mascavadoA semana foi longa e não me deixou tanto tempo quanto desejava para este meu hobbie. Novos projectos se avizinham e há muito trabalho pela frente. A palavra de ordem é organização mas a vida é feita de escolhas.

Por isso, e antes que o tempo não estique, passei por aqui para partilhar mais uma vez os iogurtes caseiros.

Diz-se que em equipa vencedora não se mexe, mas, de vez em quando, podemos ajustar sempre qualquer coisa ou introduzir um elemento novo. Desta vez achei que o açúcar mascavado faria a diferença no sabor e não me enganei. Ando, definitivamente, enamorada pelos iogurtes caseiros.

Iogurte Mascavado

1Lt de leite m/g; 50gr de leite em pó; 70gr de açúcar mascavado; 1 iogurte natural; 2 gotas de corante amarelo

Colocar o leite ao fogo com o açúcar. Deixar que o leite aqueça o suficiente até o açúcar desfazer, mas sem deixar ferver – se conseguir colocar o dedo no leite por 5 segundos e não sentir queimar está no ponto certo.

Numa taça colocar o iogurte com o corante e o leite em pó. Misturar bem de modo a que não fiquem grumos. Adicionar a mistura ao leite e mexer até estar bem diluído. Distribuir pelos copos da iogurteira e deixar cerca de 10h. Findo este tempo colocar no frigorífico pelo menos 3 a 4 horas. Faço à noite e de manhã é só guardar no frigorífico e saborear ao almoço. Fazer pela manhã também é uma óptima solução, pois, desta forma, quando se chega a casa colocam-se no frio e passam por lá a noite, o que lhes dá a textura perfeita, pelo menos para mim.

Até breve e bom fim-de-semana.

Anúncios

Iogurte de Caramelo

Iogurte de caramelo

Gosto deste ritual de fazer iogurtes em casa. Há algo de mágico neste simples processo e que me mantém viciada. Melhorei a forma de os fazer, e, desde então, repito-os vezes sem conta de tão bons que ficam. Agora sim, encontrei o equilíbrio perfeito, no sabor, na delicadeza, na cremosidade, e, desta vez, sabe a caramelo…  Acabam-se depressa demais. Uma boa desculpa para repetir.

iogurte de caramelo 1

Iogurte de Caramelo

1Lt de leite m/g; 50gr de leite em pó; 70gr de açúcar amarelo; 1 iogurte natural; casca de limão e essência de caramelo a gosto

Colocar o leite ao fogo com o açúcar e a casca de limão. Deixar que o leite aqueça o suficiente até o açúcar desfazer, mas sem deixar ferver. Retirar a casca do limão e deixar ficar morno – se conseguir colocar o dedo no leite por 5 segundos e não sentir queimar está no ponto certo.

Numa taça colocar o iogurte com a essência e o leite em pó. Misturar bem de modo a que não fiquem grumos. Adicionar a mistura ao leite e mexer até estar bem diluído. Distribuir pelos copos da iogurteira e deixar cerca de 10h. Findo este tempo colocar no frigorífico pelo menos 3 a 4 horas. Faço à noite e de manhã é só guardar no frigorífico e saborear ao almoço. Fazer pela manhã também é uma óptima solução, pois, desta forma, quando se chega a casa colocam-se no frio e passam por lá a noite, o que lhes dá a textura perfeita, pelo menos para mim.

Um bom dia e uma boa semana.

Até breve.

Iogurte Natural com Canela

Ainda que a canela tenha ficado no fundo do copo o sabor ficou incorporado no iogurte. Depois foi só misturar e saborear. Ficam muito bons e acompanham bem uma taça de fruta.

2 iogurtes naturais; 1L de leite m/g; canela em pó a gosto, 2 colheres de sopa de açúcar amarelo; 2 colheres de sopa de leite em pó

Aquecer o leite até estar morno. Numa tacinha colocar os restantes ingredientes e misturar bem. Juntar ao leite morno e mexer até estar bem incorporado. Distribuir pelos copos da iogurteira e deixar 12h. Tapar os copor e passar para o frigorífico mais 4h antes de servir.

Iogurte “Danone”

Resolvi experimentar usar 2 iogurtes naturais em vez de 1. Não só conseguir anular aquele gosto que por vezes fica do leite em pó como ainda obtive aquele gosto dos iogurtes naturais copo de vidro da Danone. Apenas a textura ficou mais macia.

Ingredientes: 2 iogurtes naturais, 1l de leite m/g, 60gr de açúcar branco, meia medida do copo de iogurte com leite em pó

Numa taça misturar o leite em pó com o açúcar e os iogurtes. Misturar bem até obter um creme liso e sem grumos. Adicionar ao leite morno e misturar bem. Colocar na iogurteira 10h. Findo este tempo colocar no frigorífico e consumir depois de 3 a 4h de frio.

Iogurte de Banana e Bolacha

Uma receita da Gasparzinha testada e aprovada cá em casa. Ficam uns iogurtes bem cremosos. O sabor da banana prevalece, mas, o das bolachas também está lá. Para os mais gulosos sugiro que aumentem a quantidade de açúcar, procurem o vosso equilíbrio e deliciem-se.

Bom fim-de-semana. Eu, estou de regresso à minha e às vossas cozinhas para a semana. As decorrumações (termo que uso para definir 2 coisas que faço ao mesmo tempo, arrumações típicas de fim de estação e decorações) continuam cá por casa. Sabem como é, uma pessoa entusiasma-se e depois… bem depois deixa-se de vir ao computador e começo a ver uma lista enorme das actualizações dos vossos blogues… e depois, sim mais um depois, fico aqui a tentar dominar o cursor da barra lateral que me foge com tanta actualização.

Ingredientes:
  • 1 banana madura
  • 6 bolachas Maria
  • 60gr de açúcar amarelo
  • 1L de leite m/g
  • 2 colheres de sopa de leite em pó
  • 1 iogurte natural

Preparação: Cortar a banana em rodelas e misturar com o açúcar. Levar ao lume numa frigideira anti-aderente em lume baixo até estarem desfeitas e mexendo sempre. Picar as bolachas. Levar metade do leite ao lume até estar morno. Passar a varinha mágica na outra metade do leite com o puré de banana, a bolacha e o iogurte. Por fim juntar o leite morno e passar a varinha mágica. Verter nos copos e levar à iogurteira por 8h. Colocar no frigorífico pelo menos 4h antes de comer. O ideal será fazer de véspera e passarem a noite no frio. Ficam deliciosos.

Gelado de Danoninho de Morango

E porquê não? Achei que substituindo o leite por Danoninhos teria um gelado delicioso para crianças. Não me enganei e foi comido e bebido até à última gota. Optei por fazer sempre quantidades pequenas de gelado, cerca de 500ml, assim há sempre gelados acabados de fazer, pois esta quantidade é perfeita para 4 pessoas. Assim enquanto se prepara uma refeição faz-se o gelado.

Ingredientes:
2 Danoninhos de Morango tamanho Maxi
1 pacote de natas frescas – 200ml
1 ovo
20gr de açúcar
4 mini Oreos picadas

Bater as natas até estarem cremosas e reservar. Bater o ovo até estar fofo e volumoso e ir adicionando o açúcar aos poucos. Envolver os Danoninhos com cuidado e colocar a mistura na máquina de gelados. 3m antes de o gelado estar terminado adicionar as bolachas picadas.

Gelatina de Iogurte de Frutos Silvestres

Há dias em que as coisas resultam no momento. Outros há em que é preciso paciência para esperar pelo resultado. Fiquei-me pela espera. 3 iogurtes no dia D da validade. Abri-os, cheirei-os e provei-os. Ainda estavam bons e quis fazer algo com eles. Como a onda dos iogurtes e gelatina veio para ficar aventurei-me, desta vez de uma forma um pouco diferente. O resultado… muito bom, leve, pouco doce e com a vantagem de ter sido feita com leite.

Ingredientes:
3 iogurtes Corpos Danone Frutos Silvestres – 3x120gr
2 medidas do copo de leite – 240gr
1 pacote de de gelatina em pó Royal – 10gr

Misturar bem com a vara de arames os iogurtes e 1 copo de leite. Colocar o outro ao fogo. Desfazer a gelatina num pouco de leite frio e juntar ao leite quando estiver quente mexendo bem até desfazer. Deixar amornar e por precaução quando juntar aos iogurtes passar o líquido por um coador para evitar algum grumo. Levar ao frigorífico pelo menos 4h. Deixei de um dia para o outro.

Para ver melhor clicar em cima da imagem.

Para ver melhor clicar em cima da imagem

Tacinhas Rosa Fresh

Para dar rumo a iogurtes em fim de validade fiz estas tacinhas. Confesso que me surpreendi a mim mesma, e, fiquei muito satisfeita com o resultado. Pouco calórica e bem fresca para estes dias ou para todos os outros que por aí virão. Agora é só variar em cores e sabores e temos uma sobremesa perfeita, e, que em 4h fica pronta e não dá trabalho nenhum.

Bom fim-de-semana.

Ingredientes:
1 pacote de gelatina de morango
4 iogurtes magros
250ml de água
 

Ferver a água e colocar numa taça. Adicionar a gelatina e dissolver bem. Deixar arrefecer e juntar os iogurtes com a ajuda de uma vara de arames mexendo até estar bem homogéneo. Distribuir por copinhos e levar ao frigorífico cerca de 4h. Decorar a gosto antes de servir. Neste caso usei Kellogg’s simples, um pouco de chantilly e uma bolachinha que dispensa apresentações. Experimentem e depois digam lá se não é fresquinho e delicioso. Perfeita para miúdos e graúdos.

Sobremesa de Pêssego

Muita coisa se pode chamar a esta sobremesa, tal como iogurte, pois foi isso que fiz. Mas, quando o doce vem do leite condensado e se mistura com pêssegos fervidos com mel e limão… a combinação é mais do que um iogurte. Transforma-se numa bela taça cheia de cor onde os olhos comem e a alma se delicia a cada colherada. Eu atrevi-me e vocês?

Ingredientes:
800ml de leite
100ml de leite condensado magro
1 iogurte natural
Meia medida do copo com leite em pó magro
Pêssegos maduros
2 colheres de sopa de mel
2 colheres de sopa de sumo de limão
 

1- Começa-se pelos pêssegos que se descascam e cortam em meias luas. Numa frigideira anti-aderente colam-se os pêssegos com o mel e o sumo de limão em fogo baixo. Mexem-se de vez em quando e cerca de 10m depois devem estar macios mas sem se desfazerem. Passar a mistura para o copo da varinha mágica e triturar um pouco mas de forma a que fiquem alguns pedaços maiores. Deixar arrefecer e reservar.

2- Colocar o leite num fervedor e levar ao fogo até estar morno. Numa taça juntar o leite em pó e o leite condensado com o iogurte natural, desfazendo bem até que não haja grumos. Juntar ao leite morno e misturar bem com a ajuda de uma vara de arames.

3- Com a ajuda de uma pequena colher retirar pequenas porções do doce de pêssego e barrar os lados de cada copo e colocando um pouco no fundo. Deitar a mistura do leite com cuidado para a fruta não subir nem se misturar. Costumo usar uma pequena colher como amortecedor. Vou despejando o leite lentamente, que, primeiro cai na colher, e, depois desta cai para o copo. É simples e resulta muito bem. Colocar na iogurteira e deixar estar 10h. De preferência fazer de véspera para passarem a noite no frigorífico. Em minha opinião ficam sempre melhores.

Na manhã seguinte ir buscar uma colher, fechar os olhos e usar os restantes sentidos para saborear, e, lamber a colher com vontade de ir buscar mais um… e vai-se.

Iogurte de Banana-Maçã e Linhaça

O Verão chegou e o calor já se espalhou por este pedaço de terra à beira-mar plantado. As cortinas esvoaçam com a brisa. Lá fora o sol queima… oiço as cigarras… ainda é cedo para ir a banhos… apetece-me algo fresco. Decido ir ter contigo, gosto de te ver, costumas ter sempre algo que me satisfaz. Gosto de ir ter contigo quando estou triste, quando tenho fome, quando não tenho nada, quando não sei nada, gosto de ti porque sim. Mas gosto ainda mais de ir ter contigo quando sei que fiz iogurtes novos e estou desejosa de os saborear.

Uma combinação perfeita com frutas básicas com o toque das sementes de linhaça. O sabor da banana e da maçã ficaram perfeitos e ficaram uns iogurtes muito cremosos e consistentes no ponto certo.

Ingredientes:
1L de leite gordo
1 iogurte natural
1 banana da Madeira
1 maçã
6 colheres de sopa de açúcar amarelo
2 colheres de sopa de sementes de linhaça moídas
Meia medida do copo de iogurte com leite em pó
 
  • Cortar a banana e a maçã, juntar o açúcar e levar ao lume numa frigideira anti-aderente e deixar cozinhar até estarem macias mexendo sempre. Deixar arrefecer e reservar.
  • Colocar ao lume um fervedor com 850ml de leite e deixar ficar morno.
  • No copo da varinha mágica colocar o iogurte, a fruta já fria, a linhaça, o leite em pó e 150ml de leite. Passar a varinha mágica e juntar ao leite morno.
  • Passar novamente a varinha mágica. Vão à iogurteira 8h e devem passar a noite no frigorífico.

Iogurte Bifidus +

Quando dois se juntam podem dançar o tango ou fazer iogurtes. Nesta história juntaram-se um iogurte bifidus e um iogurte natural. Tive medo que durante a dança o bifidus se atrapalhasse e acabava-se o espectáculo, mas, correu tudo bem, ficaram muito bons e com um sabor muito suave.

Achei que ficariam com mais sementinhas. Das poucas que haviam, umas subiram e outras quiseram ficaram no fundo. Nada que numa próxima não se resolva misturando flocos de aveia.

Ingredientes:
1 iogurte natural
1 iogurte bifidus
1l de leite gordo
30gr de açúcar amarelo
Meia medida do copo com leite em pó
 
 
 
  • Colocar cerca de 900ml de leite ao fogo e deixar ficar morno e reservar 100ml.
  • Numa tacinha misturar o leite em pó e o açúcar.
  • Juntar os iogurtes e mexer bem até estar tudo bem misturado.
  • Acrescentar os 100ml que reservou à mistura dos iogurtes e mexer bem.
  • Por fim juntar a mistura obtida ao leite morno e mexer bem com uma vara de arames.
  • Distribuir pelos copos e colocar na iogurteira 12h. Devem ir ao frigorífico pelo menos 3h, pelo que a minha sugestão será sempre fazer de véspera para passarem a noite na iogurteira e assim ao almoço já temos iogurtes na mesa.

Iogurte de Morango, Banana e Bolacha

Tenho vindo a reduzir a quantidade de leite em pó. Os iogurtes mantêm a cremosidade, apenas não ficam tão consistentes. Eu pessoalmente estou a gostar mais assim, ficam mais aveludados, e a fruta também ajudar a consistência, mas, para quem gosta de mais consistência o melhor será colocar cerca de meio copo de iogurte com leite em pó.
Ingredientes:
1L de leite gordo
7 morangos
1banana
70gr de açúcar amarelo + 2 colheres de sopa rasas de açúcar mascavado
7 bolachas
1 colher de sopa de leite em pó
1 iogurte natural

Preparação:

  1. Cortar os morangos e a banana em pedaços e juntar as 2colheres de açúcar, colocar numa frigideira anti-aderente e levar ao lume brando mexendo de vez em quando, até se transformar numa espécie de compota. Demora cerca de 5-6 m. Apagar o fogão e deixar arrefecer.
  2. No copo da varinha mágica colocar cerca de 300ml de leite, juntar a fruta fria, as bolachas, passar a varinha mágica e colocar o restante leite ao fogo só até ficar morno.
  3. Numa tacinha bater o iogurte com o leite em pó e o açúcar com a vara de arames e juntar ao leite morno.
  4. Juntar a mistura do leite com a fruta e passar de novo a varinha mágica.
  5. Levar à iogurteira por 10h e depois ao frigorífico pelo menos 4h. Nada como fazer de véspera.

Iogurte Cremoso Aroma de Baunilha

Apesar de gostar muito de iogurtes e não ser esquisita em relação a sabores ou misturas caseiras confesso que os simples, apenas aromatizados com essência de baunilha, são para mim os melhores. Combinam com cereais, fruta fresca, e o que mais apetecer. Gosto deles 24h depois, o sabor já acentuou e a textura está perfeita.
Ingredientes:
1L de leite gordo
1 iogurte natural
Meia medida do copo de leite em pó
1 medida do copo mal cheia de açúcar amarelo
1 colher de sopa de essência de baunilha
Preparação: Colocar o leite ao fogo e deixar aquecer até estar morno. Numa tacinha colocar os restantes ingredientes e misturar bem. Juntar ao leite e mexer com a vara de arames. Distribuir pelos copinhos e levar à iogurteira 10h. Fazer de véspera para passarem a noite no frigorífico que ficam melhores.
Dica: Quando se faz iogurtes com alguma frequência acontece que por vezes estamos à espera que se comam todos para ter os copos livres e fazer de novo. Se conhecerem alguém que compre ou mesmo aí em casa comprem iogurtes tipo os “Danone Natural” do copo de vidro, podem sempre reutilizá-los para mais iogurtes tendo apenas que os tapar com película aderente quando vão para o frigorífico. Também poderão ir comprando de vez em quando os iogurtes da marca Emmi, dá para reutilizar tanto o copo como a tampinha. Estes para mim são mais práticos.  Vai tudo à máquina de lavar e estão sempre impecáveis. Os da Emmi são carotes mas valem bem a pena. Comem um iogurte bom e guardam o frasco. Eu fui comprando aos poucos até fazer 7, que são os que a minha iogurteira leva e cabem lá na perfeição. A minha é da Moulinex.
Vi esta dica já há muito tempo atrás e não me lembro onde, se for o proprietário das dicas basta dizer para dar os devidos créditos.

Iogurte Tuti-fruti com Farelo Integral de Aveia

Cá por casa as experiências com iogurtes continuam e a cada experiência uma surpresa deliciosa. Ainda muitos mais sabores virão por aí.
A fruta madura vai ganhando lugar cativo para se transformar em iogurtes e desta vez resolvi acrescentar um pouco de farelo integral de aveia para ver o que saía. Pois bem, saíram melhor que a encomenda e a aveia acaba de fazer parte dos ingredientes principais nos meus iogurtes.
Experimentem que não se arrependem. É fácil de encontrar e comprar. Está na secção de produtos biológicos dos supermercados.
Ingredientes:
1L de leite gordo
1banana
2 nectarinas pequenas
1 maçã reineta
70gr de açúcar amarelo + 2 colheres de sopa rasas de açúcar mascavado
1 colher de sopa de leite em pó
2 colheres de sopa de farelo de aveia  integral

1 iogurte natural

  1. Cortar em pedaços a fruta, juntar as 2 colheres de açúcar, colocar numa frigideira anti-aderente e levar ao lume brando mexendo de vez em quando, até se transformar numa espécie de compota. Demora cerca de 5-6 m. Apagar o fogão e deixar arrefecer.
  2. No copo da varinha mágica colocar cerca de 300ml de leite, juntar a fruta fria, a aveia , passar a varinha mágica e colocar o restante leite ao fogo só até ficar morno.
  3. Numa tacinha bater o iogurte com o leite em pó e o açúcar com a vara de arames e juntar ao leite morno.
  4. Juntar a mistura do leite com a fruta e passar de novo a varinha mágica.
  5. Levar à iogurteira por 10h e depois ao frigorífico pelo menos 4h. Nada como fazer de véspera.
Esperemos que gostem tanto como nós. Não tenham medo, eu antes tinha medo, lia tudo e mais alguma coisa para fazer bons iogurtes, mas, a partir do momento que deixei de andar à procura da receita perfeita encontrei-a, e sabem onde? Na minha imaginação.

Iogurte de Morango e Kiwi

Não precisa muito para dizer o quanto são bons os iogurtes que fazemos em casa. Podemos variar nos sabores, e, mesmo não variando, o facto de os fazermos com fruta fresca faz toda a diferença. Desta vez resolvi arriscar e fazer de morango-kiwi, pois tinha um kiwi muito maduro e como já comprei desta variedade fiz o teste. Nota 20!!!! Não, não ficam verdes, o molho dos morangos pinta tudo e apenas restam as sementes do jeitoso. Desta vez optei por colocar apenas 1 colher de sopa de leite em pó e ficaram perfeitos, aveludados e muito suaves.
Ingredientes:
1L de leite gordo
150gr de morangos
1 kiwi
70gr de açúcar amarelo + 3 colheres de sopa rasas
1 colher de sopa de leite em pó
1 iogurte natural
1 colher de chá de essência de baunilha
Preparação:
  1. Cortar os morangos e o kiwi em pedaços, juntar as 3 colheres de açúcar e a essência, colocar numa frigideira anti-aderente e levar ao lume brando mexendo de vez em quando, até se transformar numa espécie de compota. Demora cerca de 5-6 m. Apagar o fogão e deixar arrefecer.
  2. No copo da varinha mágica colocar cerca de 300ml de leite, juntar a fruta fria e passar a varinha mágica e colocar o restante leite ao fogo só até ficar morno.
  3. Numa tacinha bater o iogurte com o leite em pó e o açúcar com a vara de arames e juntar ao leite morno.
  4. Juntar a mistura do leite com a fruta e passar de novo a varinha mágica.
  5. Levar à iogurteira por 10h e depois ao frigorífico pelo menos 4h. Nada como fazer de véspera.

Esperemos que gostem tanto como nós.

Iogurte de Banana, Pêra e Bolacha

Aqui fica mais uma sugestão para iogurtes de fruta e bolacha. Deliciosos e bem cremosos.


Ingredientes:

1 banana madura
1 pêra madura
7 bolachas “Maria”
100gr de açúcar amarelo
1L de leite gordo
2 colheres de sopa de leite em pó
1 iogurte natural
Preparação: Cortar a banana em rodelas, a pêra em pequenos pedaços e misturar com o açúcar. Levar ao lume numa frigideira anti-aderente em lume baixo até estarem desfeitas e mexendo sempre. Picar as bolachas. Levar metade do leite ao lume até estar morno. Passar a varinha mágica na outra metade do leite com o puré de fruta e a bolacha. Desfazer o leite em pó numa tacinha junto com o iogurte e adicionar ao leite morno. Juntar o preparado da fruta e mexer com a vara de arames. Verter nos copos e levar à iogurteira por 8h. Colocar no frigorífico pelo menos 4h antes de comer. O ideal será fazer de véspera e passarem a noite no frio. Ficam deliciosos.

Iogurte de leite condensado

Depois de se provarem é difícil comer um só… e são tão fáceis de fazer.
Ingredientes:
1L de leite gordo
1 iogurte natural
1 medida do copo de leite condensado
Preparação:
Levar o leite a aquecer só um pouco para ficar morno. Numa tacinha juntar o iogurte e o leite condensado e misturar bem. Adicionar a mistura ao leite e mexer bem. Colocar nos copos da iogurteira e deixar 8h. Passado o tempo deixar arrefecer um pouco e levar ao frigorífico a noite toda. Ficaram com a textura densa mas cremosa, uma maravilha. Depois é para de comer se conseguirmos.

Pequeno almoço ou simplesmente sobremesa

 Por vezes pensamos muito no que fazer e no que de facto apetece comer. Hoje apeteceu papa de fruta. Tão simples como juntar 1 banana, 1 laranja, 1 pêra, 1 maçã e triturar tudo com a varinha mágica. Também apetecia provar os novos iogurtes e eis que se junta tudo. Mais  umas colheres de cereais e fica um pequeno almoço muito saudável e fica-se bem melhor depois de o comer. Bom fim-de-semana.