Ervilhas com Ovos e Crescer

De manhã cedo ela sai para a rua. Há uma brisa matinal com cheiro a mar, a pessoas, a crianças. O casaco aconchega-lhe os ombros enquanto caminha pelas ruelas da vila. E, enquanto o sol se espreguiça cada vez mais alto ela segue em direcção a uma escola preparatória. Os traços são familiares. Janelas altas e todas iguais, como que arrumadas numa fila. Os tectos de cortiça estão pintados de branco. Observa os funcionários. Olha o relógio, são 9.05. A funcionária que a recebera no portão está agora no bufete a tomar o seu pequeno-almoço, e outras colegas se seguem. Cheira a escola. Cheira a cadernos, a lápis, a mochilas, a banhos acabados de tomar e há perfumes no ar. Um grupo de jovens, que a julgar pelas horas não teve aula, vai-se acomodando perto da papelaria, sentados bem juntinhos em grandes bancos de madeira corridos. “Matam” o tempo com conversas próprias de quem tem 13/14 anos ao mesmo tempo que escrevem nos seus telemóveis a uma velocidade incrível. O andar da fila desperta-lhe os sentidos e apercebe-se que o seu olhar ficou preso aos olhares daquelas miúdas de 13/14 anos, pintados a rigor, nos adereços que se faziam acompanhar, como por exemplo uns óculos de plástico rosa choque sem lentes, do género “só para o estilo”. As suas indumentárias, reduzidas nas pernas e braços, faziam-nas esfregar as mãos pelo corpo na tentativa de se aquecerem. Chegou a sua vez. É atendida e retoma o caminho de saída. Cada passo do caminho de volta fa-la pensar que é bom ter 13/14 mas também é bom ter mais de 30. Ela sabe que não gostaria de voltar atrás no tempo. Cada vez mais entende o percurso natural das coisas, do mundo, da própria vida, e como é bom crescer. Só é pena que os cabelos brancos também cresçam, e como crescem. Há que aceitá-los e podem ser da cor que nós quisermos. Afinal, crescer e mudar são duas coisas fantásticas.

Ervilhas com Ovos e Arroz

Ervilhas, Ovos, Arroz, Cebola, Alhos, Louro, Azeite, Sal, Coentros frescos picados qb; Água quente

Num tacho colocar a cebola picada, os alhos esmagados e o louro. Deixar refogar em lume brando mexendo ocasionalmente até a cebola estar macia e translúcida. Adicionar o arroz e envolver no refogado. Temperar de sal, juntar água quente e deixar cozinhar cerca de 5m. Findo este tempo juntar as ervilhas e deixar cozinhar mais 10/15m. Verificar a cozedura das ervilhas e do arroz, e, se estiverem no ponto pretendido adicionar os ovos e tapar a panela apenas o tempo suficiente para a clara cozinhar. Como tal, este último procedimento ter que ser controlado ou os ovos irão ficar mais secos. Antes de servir polvilhar com coentros frescos picados.

Desfrutar, e, saber aceitar que as filhas estão a crescer e que uma delas pode dizer que gosta mais da comida da escola. E eu fico contente que assim seja.

Boa semana. Agora, vou organizar o post da minha aventura.

4 thoughts on “Ervilhas com Ovos e Crescer

  1. Bom dia Liliana!
    Sabe o quanto gosto das histórias… dos seus sabores!
    Crescer e mudar são duas coisas fantásticas… são. E quando chegar a minha idade ficará fascinada!!
    Adoro arroz e ervilhas e com esses ovinhos escalfados não perdoo:)
    Beijinhos.

  2. Como tão bem descreves o que pode ser a rotina de qualquer vila, de qualquer escola e de quaisquer adolescentes de 13/14 anos. Como tão bem me revejo em ti e nessa retrospetiva. Por enquanto ainda estou com sorte em relação aos cabelos brancos. Mas é como dizes: podemos pintá-los da cor que entendermos. Um abraço para ti e para as tuas meninas.

  3. Olá Lili!
    Arroz e ervilhas, são para mim dois ingredientes com que facilmente consigo desenrascar um jantar num daqueles dias em que se chega a casa tarde. Por aqui, para além do ovo, vão para a mesa acompanhados com douradinhos, “especie” de peixe adorada pelo meu filho.
    Voltar atrás, não, recordar por agora é-me suficiente. Os trinta fizeram-me ver a vida de outra forma, a olhar mais para dentro, mais para mim.
    Eu tenho muitos cabelos brancos, mas não foram os trinta que os trouxeram, chegaram antes e desde essa altura já tiveram vários tons.
    Beijinhos.
    Sónia

Sempre que Apetecer, Sem Compromissos. Até já.

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s