Do Vento que Traz Apetite

Por estes lados o mês de Agosto é de colocar a mais zen das pessoas de nervos à flôr da pele. Não consigo perceber este conceito de férias, em filas para o pão, no supermercado, nas ruas, nos restaurantes. As pessoas amontoam-se na praia e pelos areais coladas umas às outras. Vale o vento para conseguirem respirar. Eu, fujo da praia por esta altura e cada vez gosto menos deste frenesim a que chamam férias. Férias, para mim, significam tranquilidade, sossego, e poder ouvir a calmia trazia pelos sons da natureza. E, é por isso, que, quando acordo e vejo um céu branco-cinza fico contente, muito contente. Não vou para a praia, vou antes para perto dela, o meu sítio preferido. E, num dia em que o sueste me brindou com o seu vento e tapou o sol durante um pedaço da manhã fomos exercitar o corpo. Chegamos cheias de apetite, ou melhor, cheias de fome. Pediram atum, pediram arroz, e, eu, só pensava em comer e beber água. Foi fácil satisfazer todos os pedidos. E, ainda mais fácil colocar a comida na mesa em 15m. Foi só cozer o arroz, que, depois de cozido e escorrido, foi envolvido em molho de tomate, atum, pepino e polvilhado com oregãos. E que bem que nos soube. Venham mais dias destes. Perfeitos para momentos a 3. Perfeitos para refeições cheias de sabor e devoradas com vontade.

Arroz Cozido e Escorrido+Molho de Tomate+Atum+Pepino+Oregãos

Anúncios

15 thoughts on “Do Vento que Traz Apetite

  1. Olá Lili
    Compreendo-te muito bem. Acho que é um sentimento comum a quem vive à beira da praia. Se por um lado desejo que a minha cidade tenha turistas, porque depende economicamente disso, por outro, estou ansiosa que termine agosto e que tudo volte à “normalidade”.
    E sim, a comida rápida e fácil pode ser um grande consolo 😉
    Um beijinho
    Guida

    • E eu que pensava ser a única com esse sentimento de ansiedade pelo fim de Agosto. E também pensava que mais a norte era mais calmo.
      Falando em coisas calmas… Já leste Umberto Eco? Estou tentada a ler o Cemitério de Praga, deve ser porcausa do cemitério dos livros esquecidos 🙂 mas também já me falaram bem do Nome da Rosa.
      Beijinhos

      • Olá Lili
        Li quase toda a obra de Umberto Eco e não tenho dúvidas que o Nome da Rosa é o melhor livro dele. Escreve de uma forma muito erudita e nem sempre é fácil acompanhar porque existem muitos factos históricos a acompanhar as narrativas. O Cemitério de Praga é um romance com apenas um personagem ficticio, todos os outros são pessoas que existiram, nomeadamente Freud e Dumas. Gira à volta de um documento conhecido por Protocolo dos Sábios de Sião e para quem não conhece bem o contexto, torna-se um pouco “penoso” acompanhar a narrativa.
        Se queres começar com Eco, pega no Nome da Rosa. Não te vai desiludir.
        Esta é a minha opinião. Vale o que vale 😉
        Beijinho
        Guida

  2. Lili,
    eu que vivo perto de praia sinto o mesmo. Agosto é para esquecer. Até consegui ter alguma tranquilidade nas minhas férias 🙂
    Não ponho os pés no supermercado há vários dias, porque relamente é um desassossego.
    Mas viva o sol e viva o verão, e vivam as comidas assim alegres e coloridas.
    Um beijinho.

    • Olá Ginjinha. Tens razão. Viva o Verão. Ainda há pouco respondia à Guida que julgava que o centro-norte do país andava mais calmo…
      E este ano que a água até por aqui tem estado fria chovem pessoas de todo o lado.
      Já está a acabar. Venha de lá esse Setembro.
      Beijinho.

  3. Olá 🙂
    Vejo que houve algumas mudanças e problemas resolvidos (ainda bem :)) e que passeaste com as tuas meninas! Lindos sítios nos mostras…imagino a tua felicidade e o quanto devem ter aproveitado!
    Este arrozinho ficou um encanto, bem prático e delicioso, ideal para esses dias….
    Espero que esteja tudo bem 🙂

    Beijocas

    • Olá 🙂
      Pois isto foi cá um stress que não te digo nada. Já passou e já voltei à minha casinha que tanto gosto. Tenho-te notado desaparecida mas já vi que trouxeste uns camarões debaixo do braço com um molho que não conhecia, e pelos ingredientes deve ser mesmo perigoso com pãozinho.
      Quanto ao passeio foi pequeno mas vivido intensamente. E os sítios penso que conheças 🙂
      E posto isto tenho que te actualizar.
      Beijinho

  4. Há muitos anos que não tirava férias em Agosto mas sinceramente detesto este mês, e só foi uma vez á praia de manha para fazer uma caminhada.
    Para o ano vou escolher junho ou julho para mim são os melhores meses, setembro não é mau mas teria que esperar muito…
    O teu arroz ficou com um aspecto super delicioso…adorei.
    bjs

    • Olá São. Curiosamente já vi a reportagem das tuas férias em Espanha e fiquei com a ideia de ser no interior e num sítio bem calmo. E praia em Agosto é mesmo para esquecer. Apesar de não ter há muito presente o conceito férias de verdade sempre preferi Junho e Setembro. Por norma o tempo melhora, pouco ou nada ventoso, a água fica sempre mais quente e a praia toda para mim 🙂
      Beijinho

  5. Está na minha hora de almoço e, agora que olho esse teu arroz (que já não deve exisitir 😉 fiquei com fome…
    Porque encontro na foto que mostras uma textura exemplar de um arroz feito na perfeição !
    Sim, apetite foi o que me abriste com o teu bonito arroz !

    Beijinhos

    • Olá Isabel. Confesso que perante o elogio tenho que admitir que não sei cozinhar arroz, pelo menos como a maior parte. Só uso arroz estufado e apenas cozo em água temperada de sal e alhos esmagados. E fica solto e combina bem com molhos de tomate. Pronto, já confessei. Beijinhos e boa semana. Entretanto tenho que responder a um e-mail cheio de palavras simpáticas 🙂
      Até lá um abraço.

  6. Pingback: Agosto em Fotos | Sabores com História…

Sempre que Apetecer, Sem Compromissos. Até já.

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s