Gomes de Sá Rápido

Já não me lembro a que sabe um verdadeiro Bacalhau à Gomes de Sá. Talvez saiba a bacalhau. Pesquisei para ver se havia algum segredo escondido. Todas as receitas falavam em deixar as lascas de bacalhau, depois de cozidas, demolho em leite entre 1,5h a 3h. Peço desculpa Sr. Gomes mas as minhas clientes não gostam de esperar, sabe como é, crianças. Dúvido que algum dia afogue o bacalhau em leite durante o tempo que li. No entanto,  se um dia mudar de opinião depois falo consigo. Por agora deixe-me que lhe diga, e não desfazendo das suas habilidades culinárias, que, este bacalhau, quase igual à sua moda, estava delicioso e em cerca de 25m estava na mesa.

Cozer as batatas às rodelas com pitada de sal e louro e colocar numa panela com água quente. Noutra panela colocar as postas de bacalhau com água fria e deixar cozer cerca de 10m. Colocar ovos a cozer. Numa frigideira anti-aderente colocar cebola às rodelas e alhos esmagados e deixar refogar um pouco até a cebola estar translúcida. Desfiar o bacalhau e saltear com as cebolas, 2-3m, temperando de pimenta moída na hora, e, sal se necessário. Adicionar as batatas e os ovos cozidos. Envolver com cuidado para as batatas não partirem. Se necessário regar com um fio de azeite. Polvilhar com coentros frescos picados antes de servir e azeitonas.

Como sempre, usei as Supremas de Bacalhau, que estão novamente com desconto em cartão, que, ao serem de bacalhau fresco, têm a textura perfeita, macia como se quer.

Anúncios

8 thoughts on “Gomes de Sá Rápido

  1. É um prato muito apreciado aqui por casa e há tanto tempo que não o faço. Quando tenho um pouco mais de tempo, coloco-o em camadas num “pirex” e levo-o um pouquinho ao forno, só mesmo para tostar.
    Nunca comi supremas de bacalhau e ando a ficar curiosa……..
    Beijinhos. Sónia

    • Olá Sónia 🙂

      Eu nunca fiz em camadas, é mesmo a despachar que as raparigas são apressadas. Quanto às supremas eu aconselho, são muito práticas e muito saborosas.
      Boa semana.

  2. Olá Lily 🙂
    O teu prato ficou tão bonito. Sou uma fã destas “coisas boas” sem espinhas, facilitam-nos tanto a vidinha não é?
    Gosto imenso desta moda, mas confesso que vou sempre variando (acrescentando aqui e ali),
    acredito que por vezes tenha a “moda” dentro de outra ” moda” ( a minha ), mas fica sempre tão bem. Só me mantenho fiel à amiga salsa, acho que este prato pede salsa, e olha que sou pelos coentros, adoro, e ponho-os por todo o lado:)
    Beijocas, boa semana.

    • Duxinha 🙂 que bom ver-te por aqui. Aos poucos vais voltando e é bom sabê-lo. Agora a salsa… não consigo, quem sabe um dia.
      Aguardo a tua volta e a mostra das tuas delícias. Continuação de boas férias e um abraço bem apertado. Beijinhos

  3. Eu acho que só como o “verdadeiro” do Sr. Gomes quando a minha o faz…mas acho que ela não o deixa de molho no leite…
    Quem não tem pressa de comer uma refeição assim, linda, cheia de cor e sabores mesmo nossos, genuínos e sempre deliciosos. Gostei da tua versão, super útil nos dias de hoje, e principalmente para crianças. Com coentros deve ficar muito bom, se bem que concordo com a Duxa, neste prato costumo usar a salsa 🙂
    Beijinhos e boa semana…com um pouquinho de tulicreme, mousse e pizza de preferência 😉 eheh

Sempre que Apetecer, Sem Compromissos. Até já.

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s