Os Ses… de Ce-rejas

SE eu soubesse que era tão fácil. Se eu soubesse que era tão bom. SE eu… tivesse nascido ensinada ia passar a vida inteira numa pasmaceira. É no aprender que está toda a essência do saber. É o tentar, o errar, e, o aprender que se conjugam de tal forma que os SES deixam de ter sentido. Nunca gostei deles. A condição da palavra lembra-me as aulas de estatística e matemática, as quais aprendi a gostar. Mas… SE não houvessem estes SES e fosse preto no branco era muito melhor, ou será que não?

Uma coisa eu sei, SE eu soubesse que fazer doce de cereja era tão simples há muito que o tinha feito. Até cortar as cerejas, uma a uma, para tirar os caroços foi uma tarefa divertida.

Para 300gr de cerejas descaroçadas usei cerca de 60gr de açúcar amarelo e sumo de meio limão. Envolvi e deixei cozinhar em fogo baixo cerca de 30m. Guardei num frasco bem fechado e de cabeça para baixo para ganhar vácuo. Depois de frio passou para o frigorífico. Sei que pode parecer pouco açúcar mas sendo a fruta doce por natureza o açúcar deve ser pouco. O açúcar em grandes quantidades serve para prolongar o prazo de consumo dos doces. No entanto prefiro fazer poucas quantidades e consumir no prazo de 1 ou 2 meses aproveitando o melhor da fruta da época., o seu sabor.

P.S. Não digam a ninguém mas ouvi dizer que no Continente estavam a 1,99€/kg. Perfeito para fazer uns frascos de doce. Eu tenho comprado a 3,50 e a 3,00€ no mercado.

A próxima experiência virá mais tarde e já estou ansiosa por meter a colher 🙂

OS MEUS  E OS VOSSOS TEXTOS E RECEITAS

o meu painel de informação do blog dizia-me que tinha um novo seguidor. Como sempre, fui espreitar o blog. Um blog recente, sem fotos, apenas receitas. Percorri o blog todo e nem um único comentário, talvez me tenha escapado. Percorri o blog todo e encontro os meus textos, os vossos textos e algumas receitas de sites copiados à letra, até à útima vírgula, sem, no entanto haver qualquer referência à proveniência dos textos.

Como sempre, não gosto de substimar a inteligência das pessoas e por isso mesmo deixei um comentário educado ao qual aguardo resposta.

Falo do Recipe Trunk e vou divulgar o nome porque assim o entendo. AQUI podem ler o meu comentário que aguarda moderação.

Boa semana a todos/as os que me acompanham.

Anúncios

18 thoughts on “Os Ses… de Ce-rejas

  1. Olá Lily, não há Verão que passe sem fazer litradas de doce de cereja. Este ano abusei do de morango, em breve vou começar a produção do de cereja, o meu favorito de todos os tempos 🙂 Faço também sempre uma redução do açúcar recomendado na maioria das receitas. Entendo que o mesmo seja necessário para a preservação do doce, mas lá está, prefiro fazer menos e mais vezes, que em todo o caso, o doce lá em casa desaparece num abrir e fechar de olhos.

    Quanto ao site que mencionas, é desconcertante o descaramento de algumas pessoas. Mesmo que fosse um site com intenção de reunir receitas, não percebo o que custa pôr fontes, respeitar o trabalho dos outros. As pessoas esquecem-se que estão a copiar textos inteiros, e isso é plágio, seja de que conteúdo fôr. Quem faz isso não vai permitir a publicação do teu comment.

    Boa semana para ti também 🙂

    • Olá Cristina, pois eu este ano rendi-me aos morangos no seu estado mais puro e não houve compotas. Agoras as cerejas… as cerejas já tiveram direito a um BIS 🙂 obrigado pela companhia. Quanto ao blog em causa, não tenho muito mais a dizer. Aliás, o espólio que por lá vai engloba uma série de blogs e sites…

  2. Ai as cerejas! Este ano quero arriscar um licor, além do doce (comprei umas cerejas deliciosas a 1,80 numa feira, impossivel resistir, não é?). Tam bém prefiro reduzir o açúcar e guardadn-os os frascos no frigorifico o doce aguenta-se meses sem problemas.
    Quanto ao blogue plagiador é uma pena que esses comprotamentos continuem a existir.
    Beijinhos

  3. Eu rendo-me às cerejas…e como-as todas :))
    Este ano não faço doce, mas costumo sempre fazer. Gosto de descaroçar e sentir o cheiro delas bem quentes ao lume. O teu está perfeito!!
    Quanto ao blog que mencionas, é mesmo triste e revoltante ainda fazerem destas coisas. Não custa nada colocar fontes. respeitar o trabalho de outros.
    Um beijinho.

    • Olá Ginjinha 🙂 Agora disseste bem, o cheiro delas quentes ao lume… e acho ainda mais engraçado usares um termo tão nortenho “lume”, tal como a minha avó dizia e a minha mãe ainda diz. Quanto ao blog é como disse, não gosto de substimar a inteligência dos outros, quem sabe a pessoa não sabe que o correcto é mencionar fontes, ou talvez se tenha esquecido. Por mim, e da minha parte, o assunto foi arrumado e divulgado. Como o espólio de receitas abrange vários blogs e sites tornei público o blog para haver a hipotese de todas as pessoas verem se as suas “coisas” fazem parte deste rol de receitas. Boa semana e beijinhos

    • I Katerina 🙂 thanks for your visit once again. This jam is one of me favourites and it’s so easy to do 🙂 Now, in Portugal we a lot of cherries and they’re so delicious that is a waist do no eat them in many ways.

  4. Olá Lily. Primeiro, venho desculpar-me pela minha falta de assiduidade. Ando assim. Deve ser do calor ou da estação. Que doce fantástico. Já fiz compota de vários frutos, mas nunca de cereja. E já que falaste em preços, aqui compro as cerejas a 4,5€kg. Como vés, é o preço que pagamos pela insularidade. No entanto, como é o tempo delas e para o marido transmontano um vício, compramo-las na mesma. E têm sido tão boas. Vêm de Espanha. Esta semana chegam do Fundão, nacionais, portanto. E vou fazer o teu doce. Fica a promessa.
    Um abraço.

    • OLá Patríca bom dia 🙂
      Pois se há coisa que faz parte da infância dos transmontanos são as cerejas. Lembro-me que lá na terra a feira d’ano, como lhe chamavam, era sempre em Maio, e eu esperava ansiosamente para poder comer as cerejas rosadas que eram vendidas enroladas no próprio pau de cerejeira. Um regalo para os olhos e para a minha barriga. Com muita pena minha ainda não encontrei das mais rosadas à venda mas tenho-as comido todas das nossas, assim sendo, um privilégio 🙂
      Boa semana para ti e não precisas de ter desculpar 🙂
      O Verão é isso mesmo, preguiçar e aproveitar os dias longos. Beijinhos

Sempre que Apetecer, Sem Compromissos. Até já.

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s