Brioche de Iogurte

Todos temos hábitos, pequenos rituais. Até lhes posso chamar manias, mas, essas são para mim, aqueles hábitos que nos caracterizam e que por vezes tiram do sério quem está perto de nós. Eu, tenho algumas. Não gosto de ver água no lava-loiça. Os objectos têm uma posição específica e várias vezes dou por mim a olhar em redor e ver se está naquele preciso local, milimetricamente desenhado para ele. Não gosto de cabelos no chão, verifico 1987 vezes as janelas e portas antes de dormir, num ritual frenético que pode ter intervalos de 15m entre cada nova revista.  Sim, quer dizer que vejo e revejo vezes sem conta portas e janelas. Tenho uma paranóia acentuada com as chaves de casa e do carro. A coisa atenuou um pouco quando resolvi juntar as chaves de casa e do carro no mesmo porta-chaves. A minha mala é revistada vezes sem conta num passeio de 30m para ver se as ditas cujas estão lá. À mesa as coisas repetem-se um pouco mas com menos intensidade, pois tudo tem que esta devidamente alinhado, pratos, talheres, copos, etc. Ser mãe muda-nos, e, a mim ajudou-me a ser menos certinha, com tudo alinhado. Ensinou-me que o chão vai ficar sujo com comida, as paredes, a roupa, os móveis, nada escapa às brincadeias de 4 mãozinhas cheias de energia. É bom, isso é muito bom, reconheço. E, porque há novos hábitos, partilho mais uma vez o Brioche de Iogurte que já se tornou um clássico cá por casa. Fica sempre bem, fácil de executar e ninguém lhe resiste ao seu miolo macio.

Anúncios

8 thoughts on “Brioche de Iogurte

  1. Também não gosto de ver água no lava louça…:)
    É muito bom criar novos hábitos e quando ganham outro significado, ainda melhor 🙂

    Este pão está uma tentação…!
    Beijinhos

  2. Está uma delicia! Acho que este ainda não fiz, tenho que ir ver.
    Todos nós ( uns mais que outros), vivemos com uma especie de “pensamentos mágicos”. O importante é que estes tais pensamentos não controlem a nossa vida, e sejamos nós capazes de os controlar.
    Beijinho.

  3. 😀
    Eu também “sofro” de males parecidos, também tenho certas manias e certos hábitos que gosto de cumprir! Mas o casamento e o convívio com um homem que não é muito dessas coisas também já teve o seu efeito e agora já ligo um pouco menos aos detalhes! Acredito que quando for mãe ainda mude mais, mas acho que não me vou importar:)
    Esse pão deve ser delicioso, gostei!
    Beijinhos*

  4. Ainda não tinha lido este texto, já sabes que ando apertada de tempo. Olha também me revi na parte da água da bancada e nos frascos, até parecia que estavas a falar de mim. Também juntei há uns meses as chaves todas num só porta chave e com aquelas fitas grandes, assim enfio a mão na mala e encontro logo. Tenho a paranóia das janelas com medo do miúdo. Ele para ir à varanda do quarto dele, esteja a janela aberta ou fechada pede-me sempre, já se habituou. Agora desde que tenho a minha casa, nunca tranco a porta à noite, a não ser que o meu mais que tudo esteja fora, aí fico com “cagufa”. Enfim, por isso é que somos tão especiais. São manias de protecção que nos fazem ser assim. E quanto ás limpezas e arrumações e tudo no sítio, quando somos mães as coisas simplificam-se. Já não se dá importância a certas coisas, e se queres que te diga, a mim fez-me bem! bjs

  5. Pingback: Brioche de Iogurte – que não fiz em 2013 | Sabores com História

Sempre que Apetecer, Sem Compromissos. Até já.

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s