Ovos e Omeletes

Gosto de ovos. Já tinha dito. Deixei de gostar de ovos cozidos desde que me lembrei de os levar para a praia num dia de 30ºC à sombra. Felizmente só eu os comi. Nesse dia, pela noite senti-me mal. No dia seguinte… bem estava nas últimas até que ganhei coragem e fui ao hospital. Fui brindada com uma gastroenterite que me valeu 3horas a soro e antibiótico e ainda levei para casa mais uns tantos comprimidos para tomar. Bonito! Ovos cozidos bye bye. Estrelados e escalfados venham eles. Omeletes, gosto. Mas, já gostei mais. Os meus olhos comem, e, diga-se de passagem, que, apesar de saber bem não é propriamente bonita. Já algum tempo que experimento novas formas de apresentar e comer ovos. Deixei de fazer omeletes, quer dizer, misturar tudo com os ovos. E gosto. Gosto muito mais assim. O sabor do acompanhamento mantém-se e o dos ovos também. Esta semana a sugestão com ovos não tem que enganar. Omelete simples com couve e cogumelos frescos salteados. Primeiro saltear os legumes e temperar a gosto. Retirar e reservar. Na mesma frigideira e sem adicionar mais nenhuma gordura colocar os ovos batidos e deixar cozinhar dos 2 lados. Por fim colocar num prato. Por cima dispor os legumes e enrolar. Assim fácil e simplesmente delicioso.

Final de mais um ano à porta. É altura de fazer balanços, mudar, inovar, arriscar. Ficar à espera do anunciado D. Sebastião não me parece a ideia mais adequada. É melhor encher bem os pulmões e empurrar para longe o nevoeiro que o encobre. Só assim poderá ser o visto o nascer do sol.

Anúncios

9 thoughts on “Ovos e Omeletes

  1. A apresentação é fundamental. Parece que os pratos ganham outro sabor. Eu gostei. E olha também detesto a nata do leite, mas eu vomitava mesmo. Ainda hoje se fervo demasiado o leite e vejo a nata até me arrepio. bjs e resto de boa semana.

  2. A minha má experiencia com os ovos é com uma maionese que em miuda a minha mãe enfiou nu tupperware para eu levar numa visita de estudo. O calor que se fazia sentir dentro da camionete era mais que muito e aquilo deve-se ter estragado. Só sei que levei a viagem de volta a vomitar e vários dias de cama hehehe (para esquecer, acredita).
    Quanto ás omeletes não lhes resisto e assim desta forma que apresentas, com couve e cogumelos hummm parece-me ainda mais apetitosa

    beijinhos e fico a aguardar por essas novidades de….algodão…

  3. Estou cheia de curiosidade….a foto está linda, a frase fantástica…o que virá daí?? Coisa bem boa de certeza!!

    Ovos…não podem faltar lá em casa, salvam e acompanham muitas refeições. Gostei da tua omelete, este recheio está delicioso e a ideia de fazê-la enrolada também.
    Beijinho

  4. Olá 🙂 aqui encontro sempre as mais belas formas de cozinhar os ovos.
    Gostei bastante desta tua versão ” écharpe ” para abraçar as couves e os cogumelos.
    Bom algodão…é o que mais me agrada vestir…mas também há o doce… 🙂
    A flor é encantadora, a foto está lindissima.
    É um previlégio ter um raminho em casa.
    Beijinho.

  5. Andas sempre com inovações, venham lá elas:-)
    Por acaso gosto muito de ovos cozidos e só deixaste de gostar porque tiveste essa infelicidade. O tempo vai dar volta à situação:-P.
    Assim tipo crepe também gostei bastante, parabéns.
    Achas que amanhã podemos falar?!

    Beijinhos

Sempre que Apetecer, Sem Compromissos. Até já.

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s