As Minhas Maçãs…

As minhas aventuras com maçãs vão bem longe nas minhas memórias. Naquele tempo, na zona onde viva, digamos que atrás dos montes, não se comprava água para beber, isso não existia. Ia-mos à fonte, umas vezes de carro, outras a pé. Quando ia a pé não encontrava macieiras pelo caminho, ia antes feliz com a minha avó ajudá-la a carregar aqueles garrafões azuis. Eram garrafões que antes tinham sido da lixívia, e, que, depois de muito bem lavados eram para a água. Um dia, estavam 2 garrafões iguais lado a lado, um com água, outro com lixívia. Só vou digo que sei bem a que sabe a lixívia, a sede era tanta que meti o garrafão à boca e lá foi. Digamos que ficou tudo bem desinfectado e ainda fiz uma viagem ao hospital, isto com uns 5 anos. Quando íamos de carro a fonte ficava mesmo ao lado de um grande pomar. Por lá comi, tirando sem pedir licença, as melhores maçãs que me lembro. Pareciam pintadas. Perfeitas. De um verde que pediam mesmo para ser comidas. Nessa altura descobri o meu gosto por coisas ácidas. Aquelas maçãs eram daquelas que mal começava a mastigar e já salivava por todo o lado. Muito mais tarde soube-lhes o nome, Granny Smith. Ainda hoje para mim as maçãs têm que ser rijas e ácidas. Assim como as laranjas, mas essas agora não interessam. Hoje deixo-vos com as Reineta e como as faço. Ficam deliciosas. Mesmo quando sobra alguma para o dia seguinte basta aquecer um pouco no microondas e fica perfeita.

Ingredientes: Maçãs, 15ml de vinho porto por cada maçã, 1 colher de sopa de açúcar amarelo  para cada maçã e paus de canela, tantos quantas as maçãs

Ligar o forno a 200ºC. Lavar e tirar o caroço com ajuda de um utensílio próprio, custa cerca de 1,50€. Fazer pequenos cortes no topo da maçã para que não rebenta. Numa travessa de forno ou em formas individuais colocar as maçãs. Dentro de cada 1 pau de canela, colocar 15ml de Vinho do Porto e 1 colher de sopa de açúcar amarelo.

Regar com molho, suficiente, em partes iguais de água e vinho, e, um pouco de açúcar amarelo. Vão ao forno 20m.

Advertisements

3 thoughts on “As Minhas Maçãs…

Sempre que Apetecer, Sem Compromissos. Até já.

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s