Eu, Tu e os Ovos – A Saga Continua…

Bem podia ser como o filme, Eu, tu e o Emplastro, que, neste caso seriam emplastros, os ovos. Desde sempre que me lembro de gostar, mas gostar mesmo mesmo, de ovos. Colam-se-me às mãos, e, eu deixo e como-os pois então.

Nunca me lembro de ser preciso obrigarem-me a comer ovos. A minha avó perguntava “que queres comer?”. A resposta era a mesma de sempre, ovos estrelados com batatas fritas. Mas, daquelas batatas cozidas que sobravam do almoço, e, como nada se desperdiçava, eram depois fritas em azeite ao jantar, em sertãs de esmalte com pintinhas, ficavam macias por dentro e crocantes por fora, e, que boas que eram. Os ovos eram estrelados no azeite até ficarem com aqueles rebordos dourados… como eu gostava de trincar essas partes torradas.

Hoje as batatas deixaram de sobrar, e, é raro comê-las cozidas ou fritas. A avó já não as pode fritar para mim, e eu não as faço, nada me sabe a igual. Mas, os ovos vão sempre ser os meus emplastros, os meus mais que tudo. Haja ovos em casa e tudo se resolve. E, é por isso que gosto muito, e não só, das visitas da minha Kikas, ela acompanha-me nos ovos, deve ter puxado a este lado. E, eu faço com toda a vontade. Por isso, melhor que 1 são 2 ovos estrelados com pedaços de fiambre no meio de fatias de pão torrado.

Agora me lembro do que te posso oferecer no Natal, ficas já a saber, uma frigideira das grandes anti-aderente, assim podemos fazer 4 ao mesmo tempo.

Advertisements

11 thoughts on “Eu, Tu e os Ovos – A Saga Continua…

  1. Amiga, tu colas-te a eles e eu fujo deles! Não é por não gostar, porque gosto bastante, mas o meu mau colesterol impede-me 😦 .Mas sempre que me apetece, lá uma vez por outra gosto de os comer fritos com pão para molhar 🙂

    Beijinhos

  2. Olá, sou uma recente ( muito recente) apreciadora de ovo estrelado, acho que este gosto e outros( e estou a lembrar-me de figos) , chegaram com os “quarenta ” subitamente dei por mim com impulsos para comer estes alimentos, como nunca gostei, era coisa que nunca fiz .
    Quanto aos rebordos que falas, passo, eu chamo-lhes “folhos” e não veio no pacote dos meus mais recentes gostos. Gosto sim, de um ovo estrelado em lume muito baixo, banhado em margarina derretida com óleo de amendoím e um pouco de sal, coloco-lhe o meu acessório para ovos direitinhos(um aro em inox), e vou deitanto por cima da gema colheradas da gordura que te falei(margarina+óleo), é a loucura total, olha para o que me deu!!!
    Lembro-me de comer essas batatas, primeiro cozidas e depois fritas, era hábito fazer-se em casa, era assim que o pai gostava.
    Gostei do teu ovo, muito bem acompanhado por sinal:)
    Beijinhos e uma boa semana.

  3. Também gosto bastante de ovos estrelados. E ao ver a tua foto tive um impulso de correr para a cozinha. Mas controlei-me, que isto não são horas de comer coisas destas (são 23:30). A minha avó também me fazia ovos estrelados (e outras coisas que ela fazia como ninguém e que nunca me saberão da mesma maneira feitas por outras mãos). Beijos e boa semana.

  4. Ovos?? Não podem mesmo faltar…nem pensar! Também me lembro de sempre gostar deles e tanto como os que dá para “molhar o pão” como dos bem passadinhos…as partes torradinhas e crocantes não podem faltar e só de olhar para a foto já estou a ficar com uma fomeca…o que me foste lembrar lol
    Essas batatinhas assim são mesmo boas…! As tuas cheias de boas memórias 😉
    Beijinho!

Sempre que Apetecer, Sem Compromissos. Até já.

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s