Panna Cotta de Iogurte e Limão

Reza a história que Panna Cotta em italiano significa literalmente “nata cozida”. É uma sobremesa típica da região italiano do Piemonte, elaborada a partir de nata de leite, açúcar, gelatina e especiarias, especialmente canela. Consome-se sozinha, com compotas ou com fruta fresca. 

A primeira vez que fiz uma coisa chamada de Panna Cotta ficou, não diria intragável, mas um doce exagerado. Na altura segui à risca a receita que vinha numa lata de leite condensado, e, perante as minhas, tão grandes, expectativas, fiquei desiludida.  Continuei a vê-las por aí fora e a pensar onde raio teriam ido buscar a receita que era um pouco diferente das que eu vejo por aí circular.

Adiante que a história já vai longa. E, isto tudo para dizer que tal como na primeira vez que fiz Panna Cotta andei às cegas, hoje achei por bem guiar-me pelo meu instinto de preservação, aquele instinto que nos obriga a transformar aquilo que está prestes a transformar-se em nada… ou em tudo.

É com orgulho que partilho a minha Panna Cotta. Feita com natas magras e iogurtes naturais. Não sei dizer por palavras o quanto ficou macia, cremosa e firme o suficiente. Mas se tiverem lá por casa iogurtes naturais em vias de extinção experimentem e vão perceber o que falo, melhor, escrevo.

Ingredientes:
1 pacote natas magras – 200ml
3 iogurtes naturais
1 iogurte natural grego açucarado
Leite condensado magro a gosto – usei menos de metade
Casca de limão
4 folhas de gelatina
 

Levar as natas num tacho com as cascas de limão ao fogo e assim que levantar fervura, aguardar 1m e desligar o fogo. Deixar repousar. Enquanto isso colocar as folhas de gelatina 5m em água fria do modo a que fiquem cobertas. Findo o tempo escorrer as folhas e juntar às natas quentes mexendo bem para se dissolverem.

Numa taça colocar os iogurtes e o leite condensado a gosto e misturar tudo muito bem com uma vara de arames. Assim que as natas estiverem mornas passar por um coador e juntar aos iogurtes.

Colocar em tacinhas, que devem ser previamente passadas por água, e, levar ao frigorífico cerca de 4h. Desenformar no prato e servir com compota.

Advertisements

9 thoughts on “Panna Cotta de Iogurte e Limão

  1. Fraldinha,
    Pois e’ agora sou eu que digo que os olhos também comem :)))) Ficou linda e
    com uma textura prefeita. As vezes desistimos de tentar de novo, por não ter saído
    como gostaríamos. Mas estas a ver ainda bem que tentaste de novo ou não tínhamos.
    aqui esta maravilha. Vou levar a receita emprestada para fazer um destes dias. Pois alem de ter ficado com um aspecto delicioso, e’ bem mais light do que muitas que tenho visto.
    Gostei muitoooooooo.

    Beijinhos

  2. E tens todas as razões para te orgulhares: está linda e é light! Já fiz panna cotta, mas nunca assim. Fi-la em copos e servi-a assim mesmo. Tenho sempre medo de que alguma coisa corra mal ao desenformar. Vou ver se me aventuro. Beijos

  3. E finalmente consigo comentar aqui…depois de tantas tentativas falhadas… ainda pensavas que eu já não gostava das tuas receitinhas.
    e eu que venho ver todos os dias….
    Enfim, chega de lamurias e deixa que te diga que tenho gostado de tudo o que nos apresentas.
    Beijinhos

  4. Os meus parabéns à chef, porque está linda a panna cotta! Nunca experimentei fazer mas esta é uma receita que me aventurava e ainda por cima light! Tens toda a razão em estar orgulhosa 🙂
    Um beijinho.

Sempre que Apetecer, Sem Compromissos. Até já.

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s