Baguete de Fiambre e Queijo

Depois de ter feito a pizza enrolada, peguei de novo na ideia e fiz estas espécies de baguetes enroladas de fiambre e queijo que muito foram apreciadas pelas mais pequenas. As quantidades que aqui indico dão para 2 baguetes com cerca de 25cm cada. Desta vez alterei a quantidade de fermento, usei apenas 6gr, mas o tempo de levedação no forno foi de 25m. Mas nada que não se aguente.
Ingredientes:
210gr de farinha T65
120ml de água morna
15ml de azeite
15ml de mel
6gr de fermento seco
  • Colocar a farinha e o fermento numa taça e misturar.
  • Colocar todos os restantes ingredientes por cima. Colocar os ganchos na batedeira e misturar tudo até formar uma bola e a massa se solte das laterais.
  • Tapar com um pano e levar ao forno a 50ºC durante 25m. Durante este tempo a massa já duplicou o tamanho.
  • Retirar a taça a aumentar a temperatura para is 220ºC.
  • Enfarinhar a pedra, colocar a massa e retirar o ar. Dividir em duas bolas. Esticar cada uma e dar o formato rectangular. Pincelei com ketchup, polvilhei com oregãos, coloquei queijo ralado e em cima fatias de fiambre de frango.
  • Enrolei como se fosse uma torta e coloquei no forno cerca de 15m, até estar dourada a gosto. Deixar arrefecer na rede e voilá, um lanchinho delicioso ou para depois da sopinha 🙂 a criançada vai adorar.
Anúncios

Tão Bom…Tão Simples… Tão Fácil

Sabem aqueles desejos súbitos de açúcar em que somos capazes de comer todo o chocolate que encontramos?

Pois bem antes que isso acontecesse e me afundasse em chocolate sentada no sofá, cortei meia dúzia de morangos, um kiwi, coloquei duas colheres de sopa de sementes de linhaça moída, metade de um iogurte grego açucarado, um pouco de chantilly, canela em pó e claro um ovinho de chocolate.

Bacalhau à Bráz em 5m

Quando o tempo foge e não sabemos bem para onde. Quando o bacalhau já está descongelado e desfiado e não apetece arroz ou massa. Para quando apetece algo simplesmente fácil, rápido e delicioso podemos fazer isto.

No wok colocar cebola e alhos picados com um pouco de azeite e deixar aquecer até os alhos libertarem o aroma. Salteia-se o bacalhau durante 3m. Batem-se os ovos com temperos de ervas secas aromáticas. Juntam-se ao bacalhau e por fim um pacotinho de batatas fritas light (o meu tinha 97kcal). Acham que dá para a ementa da dieta?

Pão de Centeio e Milho

Este pão foi uma boa surpresa. Ficou com um miolo mais fechado, a côdea crocante, que se manteve rija mesmo no dia seguinte e um sabor a centeio e milho a fazer lembrar o das broas. Eu atrevo-me a dizer que foi uma combinação perfeita que foi devorada da noite para o dia.

Ingredientes:
200gr de farinha T65
200gr de farinha de centeio
100gr de farinha de milho
5gr de fermento seco
350ml de água
1 colher de sopa de azeite
4gr de sal fino
 
  • Colocar todos os ingredientes na máquina de fazer pão, começando pela água, azeite e sal. Depois as farinhas e por fim o fermento.
  • Escolher o programa que amassa e leveda.
  • Findo o tempo retirar para a bancada enfarinhada com bastante farinha de milho. A massa estará um pouco mole e se necessário juntar mais um pouco de farinha, mas apenas o suficiente para conseguir trabalhá-lha. Deixar a massa repousar cerca de 15m.
  • Pré-aquecer o forno a 230ºC e colocar lá dento a forma de bolo inglês.
  • Com o forno já bem quente retirar a forma e colocar a massa lá dentro e deixar cozer cerca de 20m. Passado esse tempo retirar do forma e colocar de novo no forno por mais 10-15m. Quando bater no pão e ele fizer um som oco estará cozido. Deixar arrefecer numa rede.

Fofos de Leite com Recheio de Bage Cremin

A receita já não é nova por aqui mas vale a pena relembrar. No entanto hoje apeteceu-me recheá-los com bage cremin. Resultado… uma verdadeira delícia. Basta imaginar a leveza destes muffins de leite misturada com o sabor abaunilhado do bage cremin… derretem-se na boca. Aqui fica mais uma sugestão para uma simples e rápida delícia que fica pronta em pouco mais de 15m.

Ingredientes:
180ml de leite
1 ovo
75gr de açúcar
50ml de óleo de milho
210gr de farinha com fermento
1 colher de chá de essência de baunilha
 
  • Com a vara de arames bater o ovo com o açúcar até estar bem clarinho e a mistura cremosa.
  •  Adicionar a baunilha e misturar bem. Adicionar a farinha alternando com o leite e por fim o óleo. Vão ao forno pré-aquecido a 180ºC 12m.
  • Deixar arrefecer numa rede.
  • Cortar a tampa do muffins e retirar um pouco do miolo do centro. Rechear com o bage cremin e degustar sem pensar em mais nada.

Estes muffins quando simples são tão fofos que quando sobram para o dia seguinte mantêm-se fofos e leves, impossível de lhes resistir.

Reconfortante e Saborosa

Aqui fica uma sugestão para uma refeição rápida, saborosa e muito reconfortante. Faça calor ou frio garanto que sabe sempre bem. Não tem que enganar, fazer um refogado com 1 cebola, 5 dentes de alho esmagados, 3 folhas de louro e juntar uma lata de feijão preto cozido. Apurar uns 5 minutos e deixar o sabor do alho misturar-se com o feijão. Grelhar um hamburguer, neste caso de frango, e escalfar um ovo. Adivinhem quem come tudinho… os grandes e os pequenos.

Iogurte de Morango, Banana e Bolacha

Tenho vindo a reduzir a quantidade de leite em pó. Os iogurtes mantêm a cremosidade, apenas não ficam tão consistentes. Eu pessoalmente estou a gostar mais assim, ficam mais aveludados, e a fruta também ajudar a consistência, mas, para quem gosta de mais consistência o melhor será colocar cerca de meio copo de iogurte com leite em pó.
Ingredientes:
1L de leite gordo
7 morangos
1banana
70gr de açúcar amarelo + 2 colheres de sopa rasas de açúcar mascavado
7 bolachas
1 colher de sopa de leite em pó
1 iogurte natural

Preparação:

  1. Cortar os morangos e a banana em pedaços e juntar as 2colheres de açúcar, colocar numa frigideira anti-aderente e levar ao lume brando mexendo de vez em quando, até se transformar numa espécie de compota. Demora cerca de 5-6 m. Apagar o fogão e deixar arrefecer.
  2. No copo da varinha mágica colocar cerca de 300ml de leite, juntar a fruta fria, as bolachas, passar a varinha mágica e colocar o restante leite ao fogo só até ficar morno.
  3. Numa tacinha bater o iogurte com o leite em pó e o açúcar com a vara de arames e juntar ao leite morno.
  4. Juntar a mistura do leite com a fruta e passar de novo a varinha mágica.
  5. Levar à iogurteira por 10h e depois ao frigorífico pelo menos 4h. Nada como fazer de véspera.

Noodles com Legumes e Frango

 Confesso que andava curiosa para experimentar . Hoje foi o dia. Adorei o sabor e a facilidade com que se faz e fica pronta. Estou rendida.Aqui vos deixo então a minha sugestão para comer noodles, acompanhados por legumes salteados e frango.
Muito simples de fazer. No wok colocar azeite e alhos. Deixar aquecer um pouco e colocar pimentos em pedaços, couve em tirar e folhas de espinafre. Juntar os cogumelos, o peito de frango em tiras e temperar de sal e pimenta. Cozinhar durante cerca de 10m até os legume estarem moles mas não em demasia. Preparar os noodles segundo indicações da embalagem e depois juntar aos legumes e polvilhar com coentros frescos picados antes de servir.

Noodles é o termo que se dá a um fio fino de massa. Os chineses foram os primeiros a criar e usar na alimentação este tipo de massa em fios.  E agora vou passar a usar também, é deliciosa.

Pizza Enrolada

Ultimamente as pizzas cá em casa têm sido feitas com a massa do Artisan Bread mas por vezes acontece a massa acabar. Ontem recebo uma mensagem – “Podes-me fazer uma pizza das tuas?” – Claro que sim, e lá fui eu pegar na velha receita americana de pizza, que é rápida de preparar e num instante está na mesa. Ultimamente ando com vontade de fazer tudo diferente do habitual e como já tinha visto em alguns blogues pizza às fatias fiz algo parecido. Não ficaram propriamente fatias mas antes com cara de pão com chouriço, pelo menos foi o que disse quem comeu. Eu confesso que lhe dei uma trinca e fiquei espantada como nunca tinha feito isto antes.
Ingredientes:
210gr de farinha T65
120ml de água morna
15ml de azeite
15ml de mel
11gr de fermento seco
Preparação:
  1. Colocar a farinha e o fermento numa taça e misturar.
  2. Colocar todos os restantes ingredientes por cima. Colocar os ganchos na batedeira e misturar tudo até formar uma bola e a massa se solte das laterais.
  3. Tapar com um pano e levar ao forno a 50ºC durante 15m. Durante este tempo a massa já duplicou o tamanho.
  4. Retirar a taça a aumentar a temperatura para is 220ºC.
  5. Enfarinhar a pedra, colocar a massa e retirar o ar. Dividir em duas bolas. Esticar cada uma e dar o formato rectangular. Pincelei com ketchup, polvilhei com oregãos, coloquei queijo ralado e em cima rodelas de chourição.
  6. Enrolei como se fosse uma torta e coloquei no forno cerca de 15m, até estar dourada a gosto. Deixar arrefecer na rede e voilá, um petisco delicioso.
Nota: Esta massa é a minha preferida, não enche a boca, fica fina e levemente crocante. Ora façam lá e depois digam se não é muito rápida de preparar, e amassar.

Barrinhas de Limão

Tinha esta maravilha na mira havia meses, mas, ainda não me tinha aventurado por achar que era algo muito elaborado. Puro engano, nada mais simples, fácil, rápido e que é uma verdadeira delícia para quem gosta de limão. Estas barrinhas de limão, lemon bars é muito in, fazem jus ao velho ditado de que os olhos também comem e neste caso quando se passa dos olhos para a boca…. comprovem e rendam-se. A receita veio do blogue  Dandelion Mama.

Fiz num tabuleiro de alumínio de 40x25cm, mas aconselho a fazerem num mais pequeno para que a camada do creme de limão fique mais alta. Ou então fazer uma receita e meia de creme. Como mais vezes virão irei falando sobre as medidas. Mas agora o que interessa.

Ingredientes:

Usei como medida um copo de 250ml – cup nas américas

Massa:
3 cups de farinha
180gr de manteiga derretida
1,5 cup de açúcar em pó
  1. Ligar o forno a 200ºC.
  2. Misturar os ingredientes secos numa taça grande. Abrir um buraco ao centro, colocar a manteiga derretida e envolver com a colher de pau até obter uma massa moldável.
  3. Forrar um tabuleiro com papel de alumínio, estender a massa com a ajuda do rolo da massa e forrar o tabuleiro.
  4. Levar a massa ao forno durante 15m até estar dourada.
Recheio:
80ml de sumo de limão
Raspa de 1 limão
1/2 cup de farinha
1,5 cup de açúcar
6 ovos
1 colher de chá de fermento para bolos
  1.  Com uma vara de arames bater os ovos até ganharem uma cor de amarelo claro.
  2. Juntar o açúcar, o fermento e a farinha peneirada e misturar.
  3. Adicionar a raspa de limão e o sumo, o qual foi coado previamente.
  4. Misturar tudo muito bem e colocar de imediato por cima da massa entretanto cozida.
  5. Levar de novo ao forno a 165ºC e ir vigiando para não cozer em demasia, mal esteja firme retirar de imediato. Eu descuidei-me um pouco com as minhas mas nem assim deixaram de se comer. O objectivo é ficar cremoso.
  6. Deixar arrefecer completamente e só depois cortar em pedaços do tamanho desejado e polvilhar com açúcar em pó.

Servir de imediato. São deliciosos.

Nota: Mesmo para o meu tabuleiro grande, achei demasiada massa e a que sobrou aproveitei para fazer umas mini tartes. E neste caso, era muita massa para pouco recheio. Para a próxima corto na massa e aumento o recheio, sim porque vão haver muitas próximas. Nem sei quantos já comi…

Cheesecake com Mascarpone

Sabem aquelas alturas em que só apetece devorar doces? Pois bem, foi assim que apareceu este cheesecake. Aproveitei os queijos que andavam a passear pelo frigorífico e convidei-os a juntarem-se aos morangos que por lá andavam. Mesmo sem a base de bolacha ou biscoito, que não havia, saciou o meu desejo de doces. Lembrei-me  do cheesecake sem base e com mascarpone da Catarina e foi meio caminho andado para ter a certeza que iria ficar bom. Sim, fica diferente e acho que o toque crocante da bolacha combina bem com a textura do cheesecake mas mesmo assim já comi mais do que 1 fatia…
Ingredientes:
500gr de queijo quark
200gr de queijo mascarpone
1 pacote de natas 200ml
100gr de açúcar
1 colher de sopa de essência de baunilha
3 ovos
50gr de maizena
Cobertura:
Morangos qb – +-100gr
Açúcar em pó qb
Folhas de gelatina – usei 1,5
Preparação:
  1. Pré-aquecer o forno a 180ºC.
  2. Misturar os queijos com o açúcar com a vara de arames até obter um creme liso e sem grumos.
  3. Juntar as natas e misturar bem. Juntar a essência e a farinha e misturar novamente.
  4. Adicionar os ovos 1 a 1.
  5. Forrar uma forma de mola com papel vegetal e forrar por fora a base até metade da altura da forma com papel de alumínio para evitar que o líquido vá para fora enquanto coze.
  6. Levar a mistura ao forno durante 50m. Terminado este tempo deixar arrefecer dentro do forno para evitar que rachadelas. Cerca de 1h e está pronto a ser colocado no frigorífico. O ideal é fazer ao final da tarde para passar a noite no fresquinho.
  7. Para a cobertura basta passar a varinha mágica nos morangos com o açúcar em pó. Colocar as folhas de gelatina durante 5m em água fria para hidratar.
  8. Colocar 2 colher de sopa com água num tachinho ao fogo e desfazer as folhas de gelatina.
  9. Juntar ao morangos e espalhar por cima do cheesecake. Levar ao frigorífico de novo e está prontinho para ser comido ao almoço.

Linguine com Frango, Legumes Salteados e Mozzarella

Aqui fica mais uma sugestão de massas com peito de frango, pimentos, cenoura ralada e umas bolinhas de mozzarella. Soube mesmo bem. A massa é cozida num pouco de água e sal e depois e só colocar os legumes e o frango no wok com um pouco de azeite e alhos e temperar de pimenta. Antes de servir adiciona-se a massa, a cenoura ralada e o queijo.

Iogurte Cremoso Aroma de Baunilha

Apesar de gostar muito de iogurtes e não ser esquisita em relação a sabores ou misturas caseiras confesso que os simples, apenas aromatizados com essência de baunilha, são para mim os melhores. Combinam com cereais, fruta fresca, e o que mais apetecer. Gosto deles 24h depois, o sabor já acentuou e a textura está perfeita.
Ingredientes:
1L de leite gordo
1 iogurte natural
Meia medida do copo de leite em pó
1 medida do copo mal cheia de açúcar amarelo
1 colher de sopa de essência de baunilha
Preparação: Colocar o leite ao fogo e deixar aquecer até estar morno. Numa tacinha colocar os restantes ingredientes e misturar bem. Juntar ao leite e mexer com a vara de arames. Distribuir pelos copinhos e levar à iogurteira 10h. Fazer de véspera para passarem a noite no frigorífico que ficam melhores.
Dica: Quando se faz iogurtes com alguma frequência acontece que por vezes estamos à espera que se comam todos para ter os copos livres e fazer de novo. Se conhecerem alguém que compre ou mesmo aí em casa comprem iogurtes tipo os “Danone Natural” do copo de vidro, podem sempre reutilizá-los para mais iogurtes tendo apenas que os tapar com película aderente quando vão para o frigorífico. Também poderão ir comprando de vez em quando os iogurtes da marca Emmi, dá para reutilizar tanto o copo como a tampinha. Estes para mim são mais práticos.  Vai tudo à máquina de lavar e estão sempre impecáveis. Os da Emmi são carotes mas valem bem a pena. Comem um iogurte bom e guardam o frasco. Eu fui comprando aos poucos até fazer 7, que são os que a minha iogurteira leva e cabem lá na perfeição. A minha é da Moulinex.
Vi esta dica já há muito tempo atrás e não me lembro onde, se for o proprietário das dicas basta dizer para dar os devidos créditos.

Panquecas Integrais de Cenoura

Admiro quem consegue fazer uma dieta sem hidratos de carbono, massas, arroz, pão, batatas, etc. Eu tento mas não consigo. Batatas não como e pão muito raramente, mas, massas e o arroz não me tirem. E foi neste dilema acabinha de chegar a casa suada de tanto dar ao litro para me livrar de hidratos de carbono a mais que me lembrei de fazer umas panquecas com farinha integral e cenoura ralada. Tinha prometido a mim mesma só comer uma, mas ficaram tão boas que comi duas…
Aqui fica mais uma sugestão para umas panquecas salgadas que tanto me começam a agradar.

Como pode haver alguém que não tenha os cups medidores que costumo usar, 250ml, desta vez pesei tudo e assim não têm desculpas para não experimentar. Espero que gostem.

Ingredientes:
65gr de farinha comum – T55
65gr de farinha integral
1 colher de chá de fermento para bolos
1 colher de chá de bicarbonato de sódio
1 colher de sopa de manteiga derretida
50gr de cenoura
1 colher de sopa rasa de tempero seco de alho e salsa
250ml de leite
Preparação: Misturar as farinhas, o fermento, o bicarbonato e o tempero. Adicionar lentamente o leite e com a ajuda da vara de arames ir mexendo de forma a não ganhar grumos. Juntar a manteiga derretida e por fim a cenoura. Numa frigideira anti-aderente e em fogo brando-baixo e colocando uma concha de massa de cada vez. Assim que comece a fazer bolinhas à superfície voltar do outro lado e assim que abanar a frigideira e ela se soltar está pronta. A mim rendeu-me 5 panquecas.

Nota: Para a próxima coloco mais cenoura. Ficaram muito boas e o tempero seco dá-lhe um toque irresistível. Servem perfeitamente uma refeição acompanhadas com uma saladinha e atum. Atrevam-se.

Não esquecer de ir colocando as panquecas numa rede à medida que vão fazendo. Assim libertam o vapor e não ficam com aquele ar colado ao prato e nem molhadas.

Arroz de Tamboril, Pimentos e Cogumelos Frescos

Os legumes e peixe feitos no wok e o arroz cozido à parte deu um toque diferente e muito saboroso. Não tem que enganar. Cozer o arroz num pouco de água e sal até estar bem solto e al dente – uso vaporizado e funciona sempre. No wok colocar azeite, alhos, cogumelos frescos e pimentos de várias cores e temperar de sal e pimenta. O peixe só se coloca quando os legumes estiverem quase cozinhados para evitar que o peixe cozinhe demais e se desfaça. Depois é só juntar o arroz, polvilhar com coentros frescos picados e envolver tudo muito bem. Delicioso.
Nota: vamos lá acalmar com tanto doce neste blogue que o Verão está à porta e não quero ser responsável por vos desencaminhar. Por isso aqui fica uma sugestão para um arroz de tamboril para desenjoar.

Bolo de Laranja às Bolinhas

A receita veio do blogue De Volta dos Tachos, e aqui podem consultar o original das quantidades. Apesar de não ter ficado nada parecido é um bolinho delicioso.
Ingredientes:
Usei como medida um copo medidor de 250ml para a farinha
5 ovos
150gr de açúcar
80ml de óleo de milho
3 cups de farinha com fermento
250ml de sumo de laranja
1 colher de sopa rasa com sementes de papoila

  • Pré-aquecer o forno a 180ºC.
  • Bater as claras em castelo e reservar.
  • Bater o açúcar com as gemas até obter um creme fofo e esbranquiçado.
  • Juntar o sumo e o óleo e mexer bem.
  • Juntar a farinha peneirada e envolver lentamente com uma colher de pau.
  • Adicionar as sementes e envolver na massa.
  • Por fim juntar as claras em castelo e envolver tudo muito bem e lentamente com a colher de pau, mexendo de baixo para cima, para criar ar na massa e ficar bem fofa.
  • Untar uma forma e levar ao forno por cerca de 40m, fazer o teste do palito.
  • Desenformar e deixar arrefecer numa rede. Depois de frio polvilhar com açúcar em pó e deliciar-se.

Jantar Rápido com Ovo Pochê

Depois de ter visto esta sugestão no blog da Rita e os Tachos, andei com ela no pensamento até ter a companhia certa para a fazer, e, nada melhor que a companhia feminina para comermos estas coisas.
Torrar uma fatia de pão e guarnecer a gosto. Por último colocar o ovo. Para cozinhar o ovo colocar numa panela água, sal e cerca de 2 colheres de sopa de vinagre. Assim que levantar fervura colocar o ovo e deixar cozinhar cerca de 2m. Assim que tenha aspecto de cozinhado mas não em demasia está pronto.
Para mim, viciada em ovos, é como ter descoberto a pólvora ehehe. Tenho ovos mais saudáveis e continuo com a companhia do molho e do pão é claro.

Flan Delicioso de Chocolate e Banana

Cá em casa respira-se chocolate e a palavra é apregoada muitas vezes ao dia. Claro está que os pedidos não podem ser sempre satisfeitos em nome da contenção de açúcares, calorias e afins, mas acima de tudo em nome de uma alimentação saudável e equilibrada que vamos tentando cumprir no dia-a-dia.
Pensando nisto, e, já farta de ouvir a palavra “cocoá”, a palavra que usam para dizer chocolate, pensei em maizena de chocolate mas depressa comecei a colocar mais uma ou duas coisas, inclusivé uma banana que não me apetecia transformar em iogurtes de banana que já tinham sido feitos ontem.

O resultado é surpreendentemente delicioso. Chocolate e banana… experimentem e vão ver que não se arrependem. É fácil de preparar e fica prontinha num instante e como leva pouco açúcar e nada de manteiga come-se sem culpas.

Ingredientes:
400ml de leite meio gordo
200ml de leite chocolatado
60gr de maizena
25gr de açúcar
1 banana
10gr de chocolate em pó – usei Suchard
 Preparação:
  1. Colocar os 400ml de leite ao lume e deixar a aquecer em lume brando.
  2. Numa tacinha colocar a maizena, o chocolate em pó e o açúcar e misturar bem. Acrescentar aos poucos o leite chocolatado de forma a desfazer bem a mistura e não ficar com grumos.
  3. Acrescentar a mistura ao leite que está ao fogo e ir mexendo com uma vara de arames até começar a engrossar.
  4. Assim que comece a engrossar, apagar o fogo, cortar a banana em rodelas, juntar à mistura e passar a varinha mágica.
  5. Volta de novo ao fogo para engrossar mais um pouco.
  6. Distribuir por tacinhas e deixar arrefecer tapadas com película aderente para não ganharem aquela capa grossa.
  7. Para as crianças as tacinhas foram servidas simples, para os adultos… está à vista, um pouco de chantily e canela em pó fez toda a diferença, ficou ainda melhor. Desenforma-se facilmente, basta voltar num prato e abanar um pouco as tacinhas.
Usei 1 pacote de leite chocolatado que andava aos tombos no armário. Passando a publicidade só gosto do Mimosa Bem Especial Cálcio e para mim faz toda a diferença a marca do leite. Depois de problemas de estômago porcausa do leite, desde que uso este nunca mais tive nada. – Agora é a parte em que o Departamento de Marketing da Mimosa me pode contactar para tratarmos de negócios.
Em pouco mais de 15m terão uma sobremesa deliciosa para comer sem culpas, só feita com coisas boas e que a criançada vai adorar.