O boca doce é bom é bom é

Diz o avô e diz o bébéeeeeeee. Lembram-se do anúncio?

Tinha em casa umas saquetas de pudins boca doce já algum tempo pois nunca me lembro de fazer tal coisa. Pois bem hoje foi o dia de tirá-los da gaveta e fazer aquele docinho rápido e bom e que fica esquecido lá bem junto com as memórias de quando a minha mãe fazia ao fim-de-semana.
Ingredientes:
2 embalagens de pudins boca doce ananás
5 colheres de sopa rasas de açúcar
1L de leite
3 bananas
Canela em pó
6 bolachas
Côco ralado
Preparação: Preparar as 2 saquetas de pudim de acordo com as instruções, neste caso será com 1L de leite. Colocar 900ml num tachinho a aquecer em lume brando enquanto e prepara a mistura. Numa tacinha colocar o pó e misturar com as colheres de açúcar. Ir juntando aos poucos os 100ml de leite e mexendo bem para não formar grumos. Adiconar ao leite que já estará morno e mexer sempre até levantar fervura. No fundo de cada tacinha colocar rodelas de bananas regadas previamente com um pouco de sumo de limão, um pouco de açúcar e canela em pó. Por cima colocar bolacha molhada em leite, côco ralado,depois o pudim e terminar polvilhando com côco ralado novamente. Sugestão básica mas que resulta sempre muito bem e fica pronta num instante e a combinação de sabores é muito boa.

Arroz de bacalhau e miolo de endívia

O miolo da endívia ficou desta receita no forno, aproveitei e fiz com um arroz de bacalhau com miolo de endívia. Eu sou suspeita como sempre mas o miolo da endívia deu-lhe um sabor diferente que me agradou muito.
Ingredientes:
Bacalhau desfiado
Arroz
Endívia
1 cebola picada
1 dente de alho picado
Azeite
Água qb
Pitada de sal
Salsa fresca picada
Preparação:  Num tachinho colocar um fio de azeite, a cebola e o alho picado e a endívia picada. Deixar refogar até a cebola estar macia e adicionar o bacalhau. Temperar de sal se necessário e adicionar um pouco de água quente. Deixar cozinhar 2-3m. Por fim juntar o arroz e deixar cozer. Antes de servir envolver o arroz em salsa fresca picada e deixar repousar 1m. Prontinho a servir.

Endívias no forno recheadas com atum e grelos

Por vezes as combinações de sabores são algo que me surpreendem, e seguido uma sugestão do Panelaterapia peguei numa endívia e rechei-a com uma mistura de atum e grelos. Bem… simplesmente delicioso, fiquei rendida. Faz uma verdadeira refeição e muito delicada ao olhar… sim os olhos também comem.
Quanto à receita é bem fácil  e foi só juntar o que tinha em casa. O recheio tinha sobrado da receita do empadão de atum e o resto é bem fácil. Pré-aquecer o forno a 220ºC. Retirar o miolo às endividas de forma a que fiquem uma espécie de barquinho. Reservar o miolo ou utlizar para fazer o recheio. Eu utilizei numa outra receita que irei mostrar depois. Numa travessa de ir ao forno colocar um fio de azeite, as endívias e rechear com o que melhor entender. Polvilhar com um pouco de parmesão, tapar com folha de alumínio e levar ao forno cerca de 20m.

Muffins de Banana

É impossível comer só um. O cheirinho que fica na cozinha e o sabor da banana fazem deles os meus preferidos pela sua simplicidade e pelo seu gostinho de quero mais. O miolo fofo e a crosta ligeiramente crocante fazem as de quem os prova. Aconselho vivamente sobretudo se houver bananas maduras na fruteira. Tenho a receita há bastante tempo no meu caderno mas confesso que desconheço o autor. Olhando para o meu caderno a única coisa que vejo é que a receita está em inglês. Mas passemos à receita.
Ingredientes:
2 bananas maduras
125gr de açúcar
3 ovos
1 iogurte natural
1/2 copo da medida do iogurte de óleo
300gr de farinha com fermento
1 colher de chá de bicarbonato de sódio
1 colher de chá de essência de baunilha
Preparação: No copo da varinha mágica ou algo do género colocar as bananas partidas em pedaços e o iogurte por cima. Triturar bem. Adicionar o óleo e a baunilha e mexer bem. Por fim os ovos 1 a 1. Todo este processo de bater costumo fazer com a varinha mágica. Numa taça grande envolver os ingredientes secos, deitar a mistura da banana e envolver tudo com a vara de arames. Forrar uma forma de muffins com papel vegetal e encher com a massa em proporções iguais. Levar a forno pré-aquecido a 180ºC cerca de 20-25m mas convém ir fazendo o teste do palito.
São muito fáceis de fazer e sujam pouca loiça… o que também é importante.

Arroz de Conquilhas

Esta comidinha dispensa apresentações e talvez seja mais do tipo Conquilhas com Arroz mas o certo é que é muito simples e rápida de fazer e sabe sempre bem.
Ingredientes:
1kg de conquilhas
Arroz vaporizado
Salsa e coentros qb
Pitada de sal
Piri-piri
Cebola e alhos picados
Azeite
Preparação:
As conquilhas estavam fresquinhas mas como não sabia se davam para congelar lá foram todas parar ao tacho. Num tacho colocar o azeite, a cebola picada, os alhos picados, o piri-piri e deixar refogar um pouco. Adicionar as conquilhas e mexer. Começarão a abrir em pouco tempo e então coloca-se a água a ferver no jarro eléctrico. Adiconar o arroz e envolver com as conquilhas e em seguida juntar a água necessária. Polvilhar com salsa e coentros antes de servir e depois é só saborear e encher os pratos com as cascas.

Pães de leite

Entre muitas receitas de pães de leite que há por aí escolhi a do Petite Boulangerie por levar leite em pó o que a torna diferente de todas as outras que achei muito iguais. Não me arrependo da minha opção pois ficaram delicosos e mesmo no dia seguinte continuavam bem fofinhos ao contrário de alguns que se compram e que até se colam na boca. Como em tudo acabei por fazer uns pequenos ajustes mas vale a pena experimentar até porque a manteiga que levam é muito pouca. Bom para quem tem medo de sair da linha.
Ingredientes:
280ml leite
35gr de manteiga
80gr de açúcar
Pitada de sal fino
20gr de leite em pó
500gr de farinha T65
5gr de fermento seco
Preparação: Levar o leite ao microondas juntamente com a manteiga até estar morno e esta derretida. Colocar na cuba da mfp o leite morno com a manteiga e depois os restantes ingredientes pela ordem acima e escolher o programa que amassa e leveda. Findo o tempo retirar a massa para a bancada ligeiramente enfarinhada e pesar a massa. Dividir em porções de igual peso e moldar os pães a gosto. Foram feitas bolinhas que espalmei com o rolo e depois enrolei e também alguns que ficaram bolas. Colocar no tabuleiro do forno forrado com tapete de silicone e colocar os pãezinhos. Deixar levedar cerca de 1h-1h:30m dentro do forno desligado e tapados com um pano ligeiramente humedecido com água quente e bem torcido para ficar sem qualquer água a pingar. Este procedimento evita que fiquem secos enquanto levedam. Deixar levedar até dobrarem o volume. O ideal é mesmo ir dar uma volta e quando chegarmos a casa colocar no forno e ter um lanchinho bem saboroso. Pré-aquecer o forno a 180ºC e pincelar os pães com um pouco de leite e levar ao forno até dourarem, cerca de 15m. Deixar arrefecer numa rede para. Depois é só disfrutar.

Arroz de grão e grelos com bacalhau

Mais uma sugestão para fazer arroz. Com crianças nem sempre é fácil fazer comidas que consigam comer e apreciar como nós. Felizmente gostam de arroz, fácil de comer e mastigar e a verdade é que agrada a miúdos e graúdos.
Ingredientes:
Arroz
Grão
Grelos
Bacalhau desfiado pronto a cozinhar
3 postas de pescada
1 cebola
2 dentes de alho picados
Azeite
Pitada de sal
Preparação: num tacho colocar o azeite, a cebola, os alhos picados e deixar refogar até a cebola estar macia. Picar os grelos e adicionar ao refogado e ir mexendo até começarem a ficar moles. Juntar o bacalhau e a pescada cortada em pedaços. Temperar de sal se necessário, adicionar um pouco de água quente e envolver. Adicionar o grão e juntar um pouco de água quente para ir começando a fazer a calda para o arroz. De seguida juntar o arroz envolver bem e adicionar a água quente necessária para a sua cozedura. Se fizer falta mais um pouco de água adicionar sempre água quente para não quebrar a cozedura do arroz.

Chocolate Quente ou Maizena de Chocolate

Leite +- 400ml
Maizena
Chocolate em pó ou barra – usei em pó
Acúcar
Natas montadas
Canela em pó

As quantidades são a olho. Começar por juntar numa tigela a maizena,o chocolate e açúcar. Envolver bem. Juntar um pouco de leite e mexer bem até ficar um creme espesso mas sem quaisquer grumos. Colocar o restante leite ao lume e assim que estiver morno juntar um pouco à mistura. Mexer bem e juntar ao leite que está ao fogo. Mexer até obter a consistência desejada. Colocar num prato fundo, tacinha ou chávena e se gostar colocar um pouco de natas montadas daquelas de spray e polvilhar com canela em pó.

Caso se opte por juntar chocolate em barra deve juntá-las ao leite que pôs ao fogo para irem derretendo. Posteriormente adiciona-se então a mistura da maizena com um pouco de açúcar e desfeita num pouco de leite. Eu costumo usar cerca de 3 a 4 barras por cada meio litro de leite.

Arroz de tomate e grão com atum e coentros

Eu e o Mr Boss adoramos massas com atum. Como tal achei que estava na altura de submeter as bichinhas ao teste do atum. Claro que escaparam à massa, mas não se livraram do arroz, do grão, do tomate e umas casquinhas de limão. No prato apenas  ficou o rasto do que por lá passou…

Ingredientes:

1 lata de atum em azeite
Arroz carolino
3 colheres de sopa de grão
1 tomate em pedaços
1 cebola picada
2 alhos picados
Coentros frescos picados qb
Pitada de sal
3 cascas de limão
Azeite
2 folhas de louro
Mãos à obra: Num tachinho colocar o azeite, o louro, a cebola e alhos picados, o tomate picado e as cascas de limão. Deixar refogar até a cebola estar macia e o tomate a desfazer e bem misturado. Adicionar o atum e temperar de sal se achar necessário. Acrescentar água fervente e assim que levantar fervura juntar o arroz. Polvilhar com coentros frescos picados antes de servir. Fácil, prático e rápido.

Moro de Venezia

Quando vi a receita deste bolo fiquei com água na boca só de olhar e não tardou muito que metesse mãos à obra. Não ficou igual ao da receita mas ficou tão bom mas tão bom que só experimentando é que se percebe. A textura fica aveludada e desfaz-se na boca a cada garfada. Uma verdadeira maravilha para os amantes do chocolate.
Aqui fica a minha versão com as minhas alterações.
Ingredientes:
3 ovos
150 manteiga amolecida
170gr açúcar
Pitada de sal
150gr chocolate – usei Pantagruel normal
250ml leite
240gr de farinha com fermento
200ml de natas
Nozes picadas qb
Cobertura:
70gr chocolate – Pantagruel normal
100ml de natas
Mãos à obra: Bater a manteiga com 100gr de açúcar  até obter um creme. De seguida adicionar as gemas e bater mais um pouco. Com a vara de arames juntar o chocolate previamente derretido em banho-maria e depois de envolvido ir adicionando o leite aos pouco até estar tudo bem misturado. Envolver as claras previamente batidas em castelo com o restante açúcar. Por fim juntar a farinha alternando com as natas. Untar uma forma de bolo inglês e deitar uma porção da massa e depois de nozes e de massa novamente. Levar a forno pré-aquecido a 170ºC e ir fazendo o teste do palito tendo o cuidado de não deixar secar demais pois o bolo deverá ficar macio e não seco.
Quando cozido deixar arrefecer  um pouco, desenformar e deixar arrecefer numa rede.
Para fazer a cobertura basta colocar num tachinho o chocolate e as natas e com o fogo baixo ir mexendo até obter um creme liso e brilhante. Depois é só pincelar e decorar com nozes a gosto.
Resultado final… um bolo delicioso, a textura macia. Não é um bolo nada seco, apesar de não ficar com aquele efeito molhado da maior parte dos bolos de chocolate fica húmido na medida certa. Eu fiquei rendida.
Também me parece que se for feito com um chocolate 70% de cacau fique mais escuro e de sabor mais acentuado… para a próxima experimentarei com este.

Puffs de salsicha

Ultimamente tenho encontrado blogs de nuestros hermanos cheios de coisas boas e ando completamente rendida aos seus manjares. Esta receita é da Clemenvilla e vale a pena experimentar. Fiz apenas metade da receita e substituí um ingrediente.
Ingredientes: a mim rendeu-me 4 puffs
50gr de farinha com fermento
1/2 colher de sopa de oregãos
90ml leite
1 ovo
120gr queijo mozzarella
100gr salsichas cortadas em rodelas
Pitada de sal
Preparação:
Numa taça juntar a farinha, os oregãos e envolver. Juntar depois o queijo e as salsichas e envolver novamente. Numa tacinha bater o ovo com um garfo e uma pitada de sal. Adicionar o leite e bater mais um pouco. Adicionar os ovos ao preparado das salsichas. Pré-aquecer o forno a 175ºC. Deixar a massa repousar 10m. Findo o tempo forrar uma forma de muffins com papel vegetal e deitar dentro de cada buraco 2 colheres de sopa da massa. Levar ao forno 10m apenas com o calor na parte de baixo e depois mais 15m com o calor em cima e em baixo. O resultado é mesmo muito bom, a textura fica muito macia e esponjosa ao mesmo tempo. Faz-se num ápice e agrada a miúdos e graúdos.

Iogurte de leite condensado

Depois de se provarem é difícil comer um só… e são tão fáceis de fazer.
Ingredientes:
1L de leite gordo
1 iogurte natural
1 medida do copo de leite condensado
Preparação:
Levar o leite a aquecer só um pouco para ficar morno. Numa tacinha juntar o iogurte e o leite condensado e misturar bem. Adicionar a mistura ao leite e mexer bem. Colocar nos copos da iogurteira e deixar 8h. Passado o tempo deixar arrefecer um pouco e levar ao frigorífico a noite toda. Ficaram com a textura densa mas cremosa, uma maravilha. Depois é para de comer se conseguirmos.

Pudim de claras

A única vez que tinha tentado fazer um pudim de claras já foi há uns anitos. O resultado foi tão mau que achei que nunca seria capaz de o fazer. Resolvi tentar pois tinha acumulado umas 8 claras. Decidi seguir uma dica que vi há muito tempo numa revista… deixar arrefecer no forno. E não é que funciona!
Ingredientes:
8 claras
4 colheres de sopa de açúcar
1 colher de sopa de caramelo líquido
Preparação:
Bater as claras em castelo e assim que começarem a levantar adicionar um colher de sopa de açúcar de cada vez e bater entre cada adição. Por último juntar a colher de sopa de caramelo. Colocar um tabuleiro com água fervente no forno e ligar a 180ºC. Untar uma forma com un pouco de manteiga e deitar o preparado das claras tendo o cuidado de calcar bem para nao ficar com buracos. Levar ao forno a cozer em banho-maria 10m. Findo o tempo desligar o forno e deixar o pudim arrefecer dentro com a porta ligeiramente aberta.
Entretanto fazer a cobertura. Normalmente é feita com as gemas das claras mas não ia estragar ovos e a Custard pareceu-me a solução ideal e não me enganei. Fica delicioso, é custa parar de comer.
A Custard preparar segundo as instruções da embalagem. Assim que o forno estiver completamente frio retirar o pudim e virar num prato. Deitar a Custard em cima e polvilhar com canela em pó e côco ralado a gosto. Uma sugestão para uma sobremesa rápida e deliciosa.

Arroz de Cogumelos Frescos e Filetes de Frango em Azeite, Alho e Bacon

 
Ingredientes:
Arroz agulha vaporizado
Cogumelos frescos
Coentros frescos picados
1 cebola picada
4 dentes de alho
Azeite
2 peitos de frango feitos em 4 filetes
Tiras de bacon
1 piri-piri
Pimenta moída na hora
Mãos à obra: Começar por fazer o arroz. Num tacho colocar um pouco de azeite, a cebola picada, 2 alhos picados, 1 folha de louro e deixar refogar até a cebola estar macia. Cortar os cogumelos frescos e juntar ao refogado e deixar cozinhar um pouco para ganhar sabor. Juntar água fervente e assim que levantar fervura adicionar o arroz. Deixar cozer até ao ponto desejado e antes de servir polvilhar generosamente com coentros frescos picados. Enquanto coze temperar os filetes de sal e pimenta moída na hora. Num wok deitar azeite, 2 alhos esmagados, o piri-piri e deixar aquecer. Colocar as tiras de bacon e deixar ganhar cor. Juntar os filetes de frango e deixar fritar de ambos os lados sem queimar e tendo o cuidado de não fritar demais para não ficarem secos.

Arroz de açafrão com frango e espinafres

Mais uma versão de arroz para miúdos e graúdos. Fácil de preparar e fica bastante saboroso.
Ingredientes:
1 peito grande de frango
1 cebola picada
2 dentes de alho picados
Azeite
Açafrão
Pitada de sal e pimenta
Espinafres
2 folhas de louro
Arroz
Vinho branco
Preparação:
Num tacho colocar o azeite, a cebola picada, os alhos picados, o louro e deixar refogar até a cebola estar macia. Acrescentar o frango cortado em pedaços e temperar de sal, pimenta moída na hora e açafrão. Deixar cozinhar um pouco e juntar o vinho branco. Mexer até o vinho começar a evaporar. Juntar as folhas de espinafres e envolver até começarem a murchar. Adicionar água fervente e assim que levantar fervura adicionar o arroz. Rectificar temperos e deixar cozer. Assim simples e rápido.

Pequeno almoço ou simplesmente sobremesa

 Por vezes pensamos muito no que fazer e no que de facto apetece comer. Hoje apeteceu papa de fruta. Tão simples como juntar 1 banana, 1 laranja, 1 pêra, 1 maçã e triturar tudo com a varinha mágica. Também apetecia provar os novos iogurtes e eis que se junta tudo. Mais  umas colheres de cereais e fica um pequeno almoço muito saudável e fica-se bem melhor depois de o comer. Bom fim-de-semana.